Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel da IL-22 na gênese e progressão de lesões periapicais induzidas experimentalmente em dentes de camundongos wild-type e knockout

Processo: 11/14385-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2011 - 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontopediatria
Pesquisador responsável:Raquel Assed Bezerra Segato
Beneficiário:Raquel Assed Bezerra Segato
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Andiara de Rossi
Assunto(s):Lesões periapicais  Reabsorção óssea  Imuno-histoquímica  Osteoclastos 

Resumo

O objetivo deste trabalho será avaliar a participação da IL-22 na formação e progressão de lesões periapicais induzidas experimentalmente em dentes de camundongos wild-type (WT) e transgênicos (knockout para IL-22). As lesões periapicais serão induzidas nos primeiros molares inferiores de 30 camundongos WT e de 30 camundongos IL-22 KO. Decorridos 7, 21 e 42 dias da indução da lesão periapical, os animais serão submetidos à eutanásia em câmara de CO2, as mandíbulas serão removidas e submetidas ao processamento histotécnico. A seguir, cortes representativos serão corados com hematoxilina e eosina (HE), para descrição do tecido pulpar e das regiões apical e periapical, em microscopia óptica convencional, e mensuração da área das lesões periapicais, em microscopia de fluorescência. Espécimes sequenciais serão avaliados por meio de: histoenzimologia para a marcação de osteoclastos (TRAP), presença e localização de bactérias pela coloração de Brown & Brenn e imunoistoquímica para a caracterização do infiltrado celular inflamatório (neutrófilos, macrófagos e linfócitos T e B), identificação de diferentes citocinas (IL-1±, TNF-±, INF-³, IL-4, IL-10, IL-22) e de marcadores da osteoclastogênese (RANK, RANKL e OPG). Os resultados numéricos obtidos da análise morfométrica da extensão da área das lesões periapicais e do número de osteoclastos serão submetidos à análise estatística adequada, dependendo da natureza dos dados, utilizando o software SAS (Statistical Analysis System) for Windows versão 9.1.3. O nível de significância adotado foi de 5%. (AU)