Busca avançada
Ano de início
Entree

Ensino de leitura de palavras a crianças autistas incluídas no ensino regular: uma proposta metodológica

Processo: 11/17001-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2011 - 31 de outubro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Experimental
Pesquisador responsável:Camila Domeniconi
Beneficiário:Camila Domeniconi
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Estímulos  Leitura  Transtorno autístico 

Resumo

Leitura e escrita são consideradas habilidades básicas para o desenvolvimento do repertório acadêmico. A despeito da importância desses repertórios, a aquisição deles não vem sendo garantida a todos os aprendizes, ao contrário, dificuldades na alfabetização podem ser observadas, especialmente em alunos com diagnóstico de autismo, incluídos na rede regular de ensino. O presente projeto tem como objetivo implementar e avaliar um programa de ensino de leitura direcionado a crianças autistas inseridas na rede regular de ensino. O programa terá como base o ensino alternado entre palavras isoladas, apresentadas por meio do computador e palavras contextualizadas em livros de histórias e será aplicado pelos professores responsáveis pelo atendimento educacional especializado (AEE) e pelos pais das crianças participantes. O procedimento será baseado em um esquema de delineamento com tratamentos alternados, a partir do qual serão avaliadas as intervenções: 1) a ser aplicada pelo professor do AEE, baseada no uso de um programa informatizado para ensinar palavras isoladas (condição A); 2) a intervenção a ser conduzida pelo pai, composta pela aplicação de um livro com histórias, em que será contextualizada a palavra de ensino (condição B); ou 3) a aplicação simultânea do programa informatizado pelo professor do AEE e a utilização dos livros de leitura pelos pais (condição AB). Serão recrutados seis aprendizes com diagnóstico de autismo, os seis professores de AEE e seis pais. Os seis aprendizes serão expostos a três condições alternadas, ao longo de quatro unidades de ensino. Serão aplicados instrumentos de pré-teste, ao longo de cada unidade de ensino, pós-teste e no follow-up. Para análise de dados, será comparado o desempenho do aprendiz em cada momento de avaliação, o número de sessões necessárias por passo de ensino e também será realizada uma análise qualitativa baseada no comportamento dos professores de AEE e dos pais enquanto monitores. Espera-se que os resultados produzidos possam auxiliar na elaboração de estratégias de ensino eficazes de leitura para esses aprendizes, envolvendo agentes educacionais formais e informais.Palavras-chave: crianças autistas, leitura, pais, professores. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.