Busca avançada
Ano de início
Entree

Niveis de arginina, valina e isoleucina em dietas de codornas japonesas em postura

Processo: 10/52224-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2011 - 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Edivaldo Antônio Garcia
Beneficiário:Edivaldo Antônio Garcia
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Codornas  Eficiência 

Resumo

Com o objetivo de determinar as exigências nutricionais de arginina, valina e isoleucina totais para codornas japonesas em postura, serão realizados três experimentos. Os experimentos serão conduzidos no setor de avicultura da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", campus de Botucatu, na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia. Serão utilizadas 1080 aves em cada experimento, distribuídas em delineamento experimental inteiramente casualizado com cinco tratamentos contendo 12 repetições de 18 aves por parcela. Cada experimento terá duração de 112 dias, divididos em quatro ciclos de 28 dias. As dietas experimentais serão formuladas à base de milho e farelo de soja, sendo que no primeiro experimento irão diferir apenas nos níveis de arginina (1,16; 1,21; 1,26; 1,31 e 1,36). No segundo experimento, as dietas irão diferir quanto ao nível de valina, (0,82; 0,87; 0,92; 0,97 e 1,02). No terceiro experimento, as dietas irão diferir quanto ao nível de isoleucina (0,80; 0,85; 0,90; 0,95 e 1,00). Em cada experimento será avaliado o desempenho das aves, e a qualidade dos ovos. As características de qualidade dos ovos serão avaliadas durante três dias consecutivos, ao final de cada ciclo de 28 dias. Para a análise dos resultados será utilizada a análise de variância, e para a comparação das médias o teste de Tukey (p<0,05) complementada pelas análises regressão polinomial quando cabível. (AU)