Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação de condições que afetam o grau de relacionamento de estímulos equivalentes por meio de potenciais relacionados ao evento

Processo: 11/50561-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de novembro de 2011 - 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Experimental
Pesquisador responsável:Renato Bortoloti
Beneficiário:Renato Bortoloti
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):11/20371-8 - Investigação de condições que afetam o grau de relacionamento de estímulos equivalentes por meio de potenciais relacionados ao evento, BP.JP
Assunto(s):Estímulos  Equivalência de estímulos  Comportamento e mecanismos comportamentais 

Resumo

O modelo de equivalência de estímulos desenvolvido por Sidman e colaboradores fornece critérios operacionais para identificar funções simbólicas em comportamentos observáveis e para simular em laboratório relações simbólicas que ocorrem naturalmente. Saber se relações de equivalência podem ser estabelecidas em níveis diferentes - e, em caso positivo, conhecer as condições que favorecem o estabelecimento de relações mais consistentes - é um desafio científico que tem implicações não apenas teóricas, mas também para a prática de pesquisas básicas, translacionais e aplicadas que envolvem o paradigma de equivalência de estímulos. A metodologia especificada pelo paradigma de equivalência, baseada em procedimentos de emparelhamento ao modelo, tem poucos recursos para determinar qualquer diferença quantitativa entre as relações estabelecidas. Estimativas sobre variações no grau de relacionamento de estímulos equivalentes têm sido feitas de maneira indireta - por exemplo, pela mensuração do nível de transferência de funções estabelecido entre os estímulos de uma mesma classe. Este projeto propõe o desenvolvimento de uma nova linha de investigação para medir o grau de relacionamento entre estímulos de forma mais direta, por meio de técnicas de extração de potenciais relacionados ao evento. São propostos estudos para investigar se o grau de relacionamento entre estímulos equivalente varia, por exemplo, em função do conteúdo emocional das classes estabelecidas e de diversos parâmetros experimentais de procedimentos de ensino. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RENATO BORTOLOTI; NAIENE PIMENTEL; JULIO C. DE ROSE. Electrophysiological investigation of the functional overlap between semantic and equivalence relations. Psychology & Neuroscience, v. 7, n. 2, p. 183-191, Jun. 2014.
RENATO BORTOLOTI; NAOMI CRISTINA RODRIGUES; MARIÉLE DINIZ CORTEZ; NAIENE PIMENTEL; JULIO C. DE ROSE. Overtraining increases the strength of equivalence relations. Psychology & Neuroscience, v. 6, n. 3, p. -, Dez. 2013.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.