Busca avançada
Ano de início
Entree

Controle versus inovação: análise aplicada às empresas brasileiras revisitando e ampliando o modelo de Simons

Processo: 11/13060-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2011 - 31 de outubro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Ciências Contábeis
Pesquisador responsável:Fábio Frezatti
Beneficiário:Fábio Frezatti
Instituição-sede: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Ana Paula Capuano da Cruz ; Andson Braga de Aguiar ; Diógenes de Souza Bido ; Emanuel Rodrigues Junqueira de Matos ; Marcelo Francini Girão Barroso ; Maria José de Camargo Machado de Zen
Assunto(s):Inovação 

Resumo

O projeto de pesquisa tem por objetivo discutir inovação, verificar se e como ela ocorre dentro do processo de gestão das empresas brasileiras de médio e grande portes. O construto teórico escolhido foi o de Simons (1995), a partir das alavancas de controle, que permite uma abordagem particularmente ampla do modelo de gestão e seus artefatos. A perspectiva de pesquisa leva em conta que, ao mesmo tempo que é fundamental entender o que existe em termos de processo de inovação no pais em termos gerais, por meio de survey, deve direcionar a análise com estudos que proporcionem o entendimento da realidade em uma dimensão mais profunda, por meio de estudos de caso e experimentos. Nesse sentido, a abordagem de mixed-methods apresentada por Tashakkori e Teddlie (2003) permite uma análise abrangente capaz de captar a complexidade apresentada pelo fato de combinarem perspectivas quantitativas e qualitativas para o entendimento do problema. Dessa maneira, as contribuições desta pesquisa serão: (i) quando se fala em inovação, o que ela significa e ela realmente ocorre? O discurso e a "real ocorrência" se aproximam? (ii) a perspectiva de controle versus prioridade para inovação faz sentido no modelo de gestão, ou seria uma particularidade? (iii) como influências de fatores externos à empresa e que impactam o modelo de gestão estão relacionadas à inovação? Essas contribuições às lacunas existentes trazem significativo impacto sobre o modelo de gestão das organizações e, consequentemente ao seu potencial competitivo. Adicionalmente, esta pesquisa particulariza a análise a partir da realidade brasileira, pouco estudada e exposta internacionalmente. (AU)