Busca avançada
Ano de início
Entree

Dr Resíduo: destinação racional de resíduos

Processo: 11/51123-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - PAPPE / PIPE III
Vigência: 01 de dezembro de 2011 - 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Convênio/Acordo: FINEP - PAPPE-PIPE III
Pesquisador responsável:Carolina Afonso Pinto
Beneficiário:Carolina Afonso Pinto
Empresa:Sistema Ciclo Processamento Ltda. - ME
Município: Cotia
Vinculado ao auxílio:06/56611-4 - Consolidação Racional de Resíduos - CRR, AP.PIPE
Assunto(s):Reciclagem  Resíduos sólidos 

Resumo

As empresas utilizam a plataforma do Dr Resíduo para interagir com os atores da cadeia de reciclagem e usufruem da nossa expertise na construção da rede de atores e na gestão das oportunidades de reciclagem. Chegamos aos clientes através dos diversos canais: Internet; Propaganda; Espaço em mecanismos de busca na Internet; Mala direta digital; Participação em congressos e feiras; Participação em palestras, workshops; Apresentações em empresas, entidades e órgãos de meio ambiente; Entrevistas, gravações e reportagens junto à mídia. Nosso negócio é facilitar as transações entre as partes e cobrar um percentual ou uma taxa fixa sobre a transação utilizando plataformas de e-marketplaces para dar maior eficiência, segurança e transparência à transação. Segmentos de mercado: interessados na venda de matéria-prima (indústrias geradoras, comércio, abastecimento, cooperativas de catadores de lixo e empresas de coleta); interessados na compra e venda de matérias primas (empresas de beneficiamento e indústrias de processamento de materiais recicláveis); Organizações que utilizam o sistema instrumento de planejamento, prospecção e análise do mercado (prefeituras, empresas de tratamento, processamento e destinação final de resíduos, bem como associações setoriais). Diferenciais competitivos: Compartilhamento de recursos; Melhoria do ganho em escala a partir da consolidação virtual dos resíduos, diminuindo o custo de transporte; Adequação dos materiais recicláveis à segregação na origem, controlando e reduzindo riscos ao meio ambiente e assegurando o correto manuseio, em conformidade com a legislação vigente; Redução de custos operacionais logísticos; Retorno social: trabalho conjunto com as comunidades locais; Retorno Institucional: investimentos em projetos socioambientais. Impactos positivos: diminuir a poluição; Diminuir o envio de materiais aos aterros sanitários ou lixões; Reduzir a exploração de novas áreas de recursos não-renováveis; Economia de energia; Redução do custo operacional e logístico; Geração de empregos; Resgate da cidadania dos catadores; Criação de mecanismos para facilitar a coleta seletiva; Gestão de cadeia de suprimentos. Objetivos do projeto: Tornar o Dr Resíduo referência em reciclagem e logística reversa utilizando ferramentas de comunicação e marketing para a valorização da marca e estabelecendo uma comunicação constante com os atores da rede; Aprimorar a plataforma para gestão de resíduos, automatizar a operação; implementar um marketplace gerenciado; atender requisitos e padrões de acessibilidade, segurança, governança; prover interfaces com ERPs, CRM e Sistemas de logística; Aumentar a credibilidade e confiabilidade do Dr Resíduo 2.0 com garantias de qualidade do produto/processo e segurança da plataforma. Resultados esperados: internacionalizar a marca e abrir novos mercados; Fortalecer e organizar as relações entre os diferentes atores das cadeias de valor, potencializando a competitividade dos participantes, criando vantagens competitivas; Adotar um modelo sustentável com redução de custos com tecnologia e utilities; Inclusão digital e acesso dos indivíduos à cultura/conhecimento e/ou Informação. (AU)