Busca avançada
Ano de início
Entree

A especiação química como ferramenta para a identificação e quantificação de espécies de Hg e As em diferentes amostras biológicas visando a segurança alimentar e a elucidação da toxicocinética do timerosal

Processo: 11/08467-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2011 - 31 de outubro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Pesquisador responsável:Fernando Barbosa Júnior
Beneficiário:Fernando Barbosa Júnior
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Metais pesados  Arsênio  Mercúrio (elemento químico) 

Resumo

Nos últimos anos a especiação química tornou-se imprescindível nos estudos que envolvem toxicologia de metais, pois os efeitos tóxicos dos elementos estão diretamente relacionados às formas químicas nas quais se encontram nos seres vivos, nos alimentos e/ou no ambiente. Na especiação química, são empregadas técnicas de separação (geralmente técnicas cromatográficas, como a cromatografia gasosa (GC), a cromatografia líquida (LC), a cromatografia com fluído supercrítico ou eletroforese) acopladas a técnicas de detecção de alta sensibilidade, como a espectrometria de fluorescência atômica (AFS) e a espectrometria de massa com fonte de plasma acoplado indutivamente (ICP-MS), sendo que atualmente esta última tem sido a técnica de escolha para a determinação de elementos em diversos tipos de amostras em concentrações num intervalo de ng L-1 a µg L-1. Entretanto o uso de técnicas complementares para a elucidação de estruturas ou caracterização molecular das espécies, como a espectrometria de massas com ionização por elétron-spray (ESI-MS) e ressonância magnética nuclear (H1 NMR) são cada vez mais indispensáveis. Neste sentido, este projeto tem como principais objetivos: (i)- desenvolver e validar métodos de extração e quantificação de espécies de As (AS(III), As(V), DMA, MMA e Arsenobetaína) em amostras de tecido animal (músculo, fígado e rins) e alimentos (arroz e ovos); (ii)- Caracterizar as moléculas ligadas as diferentes espécies químicas de mercúrio (metilmercúrio, mercúrio inorgânico e etilmercúrio) presentes em amostras clínicas (sangue, plasma e tecidos) utilizando técnicas hifenadas de cromatografia líquida e espectrometria de massa com fonte de plasma acoplado indutivamente (LC-ICP-MS) e Espectrometria de massas com eletronspray (ESI-MS); (iii)-Identificar e caracterizar as formas químicas de mercúrio em amostras de fígado, rim, sangue, coração e cérebro para elucidar a toxicocinética do etilmercúrio em camundongos expostos ao timerosal.Finalmente, espera-se colaborar em estudos interdisciplinares em projetos vigentes na Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto e com grupos da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP, visando à identificação de fontes de potencial toxicidade e possível comprometimento da saúde pública em nosso país. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE OLIVEIRA SOUZA, VANESSA CRISTINA; DE MARCO, KATIA CRISTINA; LAURE, HELEN JULIE; ROSA, JOSE CESAR; BARBOSA, JR., FERNANDO. A brain proteome profile in rats exposed to methylmercury or thimerosal (ethylmercury). JOURNAL OF TOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL HEALTH-PART A-CURRENT ISSUES, v. 79, n. 12, p. 502-512, 2016. Citações Web of Science: 11.
BORGES, ENDLER MARCEL; VOLMER, DIETRICH A.; GALLIMBERTI, MATHEUS; DE SOUZA, DEISE FERREIRA; DE SOUZA, EDSON LUIZ; BARBOSA, JR., FERNANDO. Evaluation of macro- and microelement levels for verifying the authenticity of organic eggs by using chemometric techniques. ANALYTICAL METHODS, v. 7, n. 6, p. 2577-2584, 2015. Citações Web of Science: 8.
HORNOS CARNEIRO, MARIA FERNANDA; OLIVEIRA SOUZA, JULIANA MARIA; GROTTO, DENISE; BATISTA, BRUNO LEMOS; DE OLIVEIRA SOUZA, VANESSA CRISTINA; BARBOSA, JR., FERNANDO. A systematic study of the disposition and metabolism of mercury species in mice after exposure to low levels of thimerosal (ethylmercury). Environmental Research, v. 134, n. SI, p. 218-227, OCT 2014. Citações Web of Science: 17.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.