Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do laser terapêutico associado ao plasma rico em plaquetas sobre a matriz extracelular de tendões e ligamentos de equinos

Processo: 11/13657-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2011 - 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Raquel Yvonne Arantes Baccarin
Beneficiário:Raquel Yvonne Arantes Baccarin
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Cristina de Oliveira Massoco Salles Gomes ; Nivaldo Antonio Parizotto ; Yara Maria Corrêa da Silva Michelacci
Assunto(s):Traumatismo dos tendões  Tendinite animal  Ligamentos  Fisioterapia  Equinos 

Resumo

A cicatrização das lesões ligamentares e tendíneas é lenta e muitas vezes ineficiente. Uma vez lesados, o ligamento suspensor do boleto (LSB) e o tendão flexor digital superficial (TFDS) dificilmente recuperam suas propriedades biomecânicas originais. As desmopatias e tendinopatias exibem características patológicas similares que incluem aumento dos níveis de proteoglicanos, conteúdo hídrico e de celularidade, assim como desorganização de colágeno e separação de fibrilas. Sabe-se também que a síntese e catabolismo dos proteoglicanos em desmites e tendinites pode influenciar a progressão da doença. Contudo, o papel dos proteoglicanos em tendões e ligamentos normais ou lesados é pouco compreendido tanto em humanos quanto em equinos. Este trabalho pretende caracterizar e padronizar a distribuição dos proteoglicanos agrecam, decorim, biglicam e fibromodulim no LSB e TFDS normais e naqueles sob o efeito de exercício físico. Além disso, pretende-se avaliar o efeito da terapia com laser de baixa intensidade associado ao plasma rico em plaquetas (PRP) sobre a distribuição de agrecam, decorim e colágeno em lesões ligamentares e tendíneas induzidas experimentalmente em equinos. Para tanto, amostras de LSB e TFDS normais e de cavalos sob exercício físico serão colhidas. Também, lesões no LSB e TFDS serão induzidas com colagenase, na região proximal do LSB e no terço médio do TFDS em diferentes grupos de cavalos. O tratamento será realizado com laser local e PRP intralesional. Durante o experimento os animais serão acompanhados semanalmente por meio de exames físico e ultrassonográfico, bem como através de análise cinemática computadorizada; e as amostras do LSB e do TFDS serão coletadas mediante biopsia após tratamento. (AU)