Busca avançada
Ano de início
Entree

Arquitetura moderna e a tecnologia como meio para uma revolução latino-americana: a contribuição de Rodrigo Lefèvre (1938-1984)

Processo: 11/16061-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2011 - 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Ana Paula Koury
Beneficiário:Ana Paula Koury
Instituição-sede: Centro de Pesquisa. Universidade São Judas Tadeu (USJT). São Paulo , SP, Brasil
Auxílios(s) vinculado(s):13/50918-4 - Planning and participation: a new agenda for urban and environmental policies in Brazil, AP.R
Assunto(s):História da arquitetura  Arquitetura 

Resumo

A pesquisa pretende relacionar a obra de Rodrigo Lefèvre (1938-1984) ao debate sobre desenvolvimento nacional ocorrido na FAUUSP, instituição na qual o arquiteto formou-se e lecionou durante a maior parte de sua vida profissional. A abordagem proposta amplia o registro da interlocução deste arquiteto para além do debate com Vilanova Artigas. Nestor Goulart Reis Filho, Gabriel Bolaffi, Juarez Brandão Lopes foram professores muito presentes naqueles anos e que provavelmente influenciaram a revisão crítica sobre o processo tecnológico aplicado ao campo projetivo realizado por Rodrigo Lefèvre tanto em sua atuação isolada como em conjunto com Sérgio Ferro e Flávio Império. As várias contribuições de Lefèvre (1958-1984) também podem ser relacionadas ao posicionamento político do arquiteto, em uma perspectiva mais ampla, sobre a forma superação do subdesenvolvimento no contexto dos países latino americanos. A saída da industrialização via capitalismo ou socialismo e as etapas necessárias do desenvolvimento tecnológico nestas diferentes situações podem fornecer pistas para explicar os sistemas construtivos, os métodos projetivos e a crítica ao papel do arquiteto produzida ao longo de sua trajetória profissional (AU)