Busca avançada
Ano de início
Entree

Validação da versão adaptado do questionário de medida da disponibilidade para aprendizagem interprofissional e identidade profissional de estudantes da saúde

Processo: 11/11772-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2011 - 30 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem de Saúde Pública
Pesquisador responsável:Marina Peduzzi
Beneficiário:Marina Peduzzi
Instituição-sede: Escola de Enfermagem (EE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Enfermagem em saúde pública  Educação profissionalizante  Pessoal de saúde  Estudos de validação 

Resumo

Estudam-se as atitudes de estudantes da área da saúde frente ao aprendizado interprofissional, tendo em vista promover o fortalecimento do trabalho em equipe colaborativo para melhorar a qualidade da formação profissional e da atenção à saúde. O estudo tem o objetivo de realizar a validação da versão adaptada à língua portuguesa do "Questionário de medida da disponibilidade para aprendizado interprofissional e identidade profissional de estudantes da saúde" e justifica-se por completar o processo de adaptação transcultural de instrumento que será utilizado tanto em pesquisas que permitam adensar o conhecimento sobre educação interprofissional (EIP) no contexto brasileiro, em comparação com outros contextos culturais, bem como em estudos de avaliação das iniciativas de EIP, no país. Utiliza-se abordagem quantitativa, do tipo transversal, com cunho metodológico por se tratar de validação de questionário adaptado à língua portuguesa, com verificação das propriedades psicométricas do instrumento vertido. A população é constituída por estudantes de terceiro e quarto ano dos dez cursos de graduação da área da saúde da Universidade de São Paulo (educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, nutrição, odontologia, psicologia, terapia ocupacional), num total de 838 alunos no primeiro semestre de 2011. A amostra será estratificada por curso proporcional ao tamanho, sendo o tamanho amostral estimado em 348 estudantes. O questionário vertido inclui duas escalas validadas: Readiness for Interprofessional Learning Scale - RIPLS (Parsell, Bligh, 1999, Bligh, Mattick, 2009) que mensura a disponibilidade de estudantes da área da saúde para o aprendizado interprofissional, e Professional Identity Scale (PIS) de Brown et al (1986) que faz a aferição de escore de identidade profissional. O instrumento é auto-aplicado, composto por quatro sessões: a primeira investiga o nível de contato entre estudantes de diferentes cursos; a segunda é a RIPLS; a terceira estuda o escore do status social atribuído pelos estudantes as diferentes profissões da saúde; e a quarta sessão é a PIS. Será utilizada análise fatorial, análise de variância (ANOVA) e coeficiente de Cronbach. A estabilidade da medida do questionário e das duas escalas que o compõe será testada através do procedimento de confiabilidade teste-reteste em uma amostra de estudantes, com uma semana de intervalo na aplicação do instrumento. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEDUZZI, MARINA; NORMAN, IAN; COSTER, SAMANTHA; MEIRELES, EVERSON. Cross-cultural adaptation of the Readiness for Interprofessional Learning Scale in Brazil. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 49, n. 2, p. 7-14, DEC 2015. Citações Web of Science: 5.
MARINA PEDUZZI; IAN NORMAN; SAMANTHA COSTER; EVERSON MEIRELES. Adaptação transcultural e validação da Readiness for Interprofessional Learning Scale no Brasil. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 49, n. spe, p. -, Dez. 2015.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.