Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção de pós nanocristalinos pela técnica de pirólise por aspersao;caracterizacao,conformacao e sinterização

Processo: 11/51261-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2011 - 31 de outubro de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica
Pesquisador responsável:Eliana Navarro dos Santos Muccillo
Beneficiário:Eliana Navarro dos Santos Muccillo
Instituição-sede: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Espectroscopia de impedância  Caracterização estrutural 

Resumo

O estudo de eletrocerâmicas policristalinas envolve principalmente a síntese, a conformação e a análise do comportamento elétrico. Após cada uma destas etapas é necessária a caracterização da microestrutura. A síntese de pós cerâmicos com características controladas é uma das mais importantes etapas no estudo de materiais cerâmicos com propriedades otimizadas. De acordo com a técnica de síntese escolhida, os materiais podem apresentar propriedades distintas, em função de homogeneidade química e de fases, e de tamanho e distribuição de tamanho das partículas. Para isso, a técnica de pirólise por aspersão ("spray pyrolysis") foi escolhida para a síntese dos pós cerâmicos neste projeto. Um arranjo experimental foi montado em nossos laboratórios e testes operacionais foram realizados com sucesso. O principal objetivo é a síntese de pós cerâmicos com tamanho de partícula e de cristalito nanométricos, que permitam a obtenção de cerâmicas densas com tamanho de grão nanométrico e fase única. Os pós sintetizados serão analisados por difração de raios X, fluorescência de raios X, microscopia eletrônica de varredura e de transmissão. Os compactos sintetizados serão analisados também por difração de raios X, microscopia eletrônica de varredura, e ainda por espectroscopia de impedância e dilatometria para estudo de sinterização. Os materiais de interesse a serem sintetizados e caracterizados por este método são: a zircônia estabilizada com ítria, que será o material padrão, o zirconato de bário contendo ítrio (condutor protônico) e céria-gadolínia (condutor iônico). (AU)