Busca avançada
Ano de início
Entree

Ação da diacereina no remodelamento ventricular esquerdo após infarto agudo do miocárdio: estudo experimental

Processo: 11/14550-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2011 - 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Orlando Petrucci Jr
Beneficiário:Orlando Petrucci Jr
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados:Karlos Alexandre de Sousa Vilarinho
Bolsa(s) vinculada(s):12/09494-3 - Ação da diacereína no remodelamento ventricular esquerdo após infarto agudo do miocárdio: estudo experimental, BP.TT
11/23153-1 - Ação da diacereína no remodelamento ventricular esquerdo após infarto agudo do miocárdio: estudo experimental, BP.TT
Assunto(s):Procedimentos cirúrgicos cardiovasculares  Isquemia miocárdica  Reperfusão miocárdica 

Resumo

A despeito da melhora do tratamento da insuficiência coronária aguda a mortalidade e morbidade continuam elevados na prática clínica. A quantidade de células que morrem durante e após a isquemia miocárdica é o determinante primário do resultado tardio do infarto agudo do miocárdio. Reduzir o número de células lesadas na isquemia e reperfusão, é portanto uma estratégia de suma importância nesta doença que é uma das principais causas de morte e problemas permanentes segundo a Organização Mundial de Saúde.Apesar do fator de necrose tumoral alfa (TNF) contribuir em diversas situações onde ocorre a lesão de isquemia e reperfusão, alguns estudos demonstraram efeito paradoxal do TNF sugerindo que a ativação desta citocina possa contribuir de forma favorável na adaptação do miocárdio após insulto de isquemia e reperfusão. A ação da diacereína tem sido proposta pela modulação da resposta inflamatória inibindo a síntese de citocinas. A diacereína inibe a secreção de TNF, IL6 e IL1 em condrócitos e em fluído peritoneal de roedores submetidos ao uso crônico da droga. A inibição destas citocinas pode ter efeito benéfico sobre o remodelamento ventricular após insulto inicial com isquemia e infarto agudo do miocárdio. O objetivo principal desta proposta é avaliar se a utilização da diacereína pode ter efeitos benéficos na lesão de isquemia e reperfusão miocárdica em modelo clinicamente relevante de infarto agudo do miocárdio com remodelamento após 4 semanas do evento agudo. Este estudo poderá sugerir um novo emprego desta medicação já existente no mercado. Nós trabalhamos com a hipótese que a utilização de diacereína na fase aguda da indução da isquemia miocárdica e administrada de forma contínua pelo período de 4 semanas após infarto agudo do miocárdio poderá minimizar a perda de função ventricular com menor lesão celular em modelo de isquemia/reperfusão miocárdica proporcionando remodelamento ventricular favorável. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
REICHERT, KARLA; PEREIRA DO CARMO, HELISON RAFAEL; TORINA, ANALI GALLUCE; DE CARVALHO, DANIELA DIOGENES; SPOSITO, ANDREI CARVALHO; DE SOUZA VILARINHO, KARLOS ALEXANDRE; SILVEIRA-FILHO, LINDEMBERG DA MOTA; MARTINS DE OLIVEIRA, PEDRO PAULO; PETRUCCI, ORLANDO. Atorvastatin Improves Ventricular Remodeling after Myocardial Infarction by Interfering with Collagen Metabolism. PLoS One, v. 11, n. 11 NOV 23 2016. Citações Web of Science: 18.
TORINA, ANALI GALLUCE; REICHERT, KARLA; LIMA, FANY; DE SOUZA VILARINHO, KARLOS ALEXANDRE; MARTINS DE OLIVEIRA, PEDRO PAULO; PEREIRA DO CARMO, HELISON RAFAEL; DE CARVALHO, DANIELA DIOGENES; ABDALLA SAAD, MARIO JOSE; SPOSITO, ANDREI CARVALHO; PETRUCCI, ORLANDO. Diacerein Improves Left Ventricular Remodeling and Cardiac Function by Reducing the Inflammatory Response after Myocardial Infarction. PLoS One, v. 10, n. 3 MAR 27 2015. Citações Web of Science: 13.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
JR, Orlando Petrucci. . 2016. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.