Busca avançada
Ano de início
Entree

Estrada de Ferro Noroeste do Brasil / Bauru, km 0

Processo: 11/51014-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2012 - 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Convênio/Acordo: Condephaat
Pesquisador responsável:Nilson Ghirardello
Beneficiário:Nilson Ghirardello
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Patrimônio cultural  Edificações  Preservação e conservação de acervos  Documentação  Ferrovias 

Resumo

EFNOB/BAURU, Km 0 - Diante do mau estado de conservação dos edifícios e da documentação (relatórios, projetos, desenhos, plantas, entre outros,) que podem perder-se com o tempo e frente à carência de bases documentais e estudos que evidenciem e comprovem a importância do patrimônio cultural da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, EFNOB, propõe-se a presente pesquisa, enquadrada no EDITAL FAPESP CONDEPHAAT, 09/2011; a ser realizada por pesquisadores do Grupo de Pesquisa Arquitetura: Teoria e Projetos (GA), da FAAC/UNESP de Bauru, com a colaboração de outros especialistas. Objetivos: inventariar, identificar, localizar, selecionar e analisar o patrimônio cultural pertencente à antiga EFNOB, com sede na cidade de Bauru, quilômetro zero da ferrovia. Pretendemos pesquisar a historia das construções relacionando-as a da ferrovia e levantar metricamente as seguintes edificações: Estação Central, Escritórios, Conjunto das Oficinas, Conjunto da Vila dos Funcionários. Como pesquisas complementares pretende-se fazer levantamento histórico dos equipamentos para recreação e cultura criada pela ferrovia na cidade; além, de se procurar entender como ocorreu à organização do trabalho nos escritórios da EFNOB. As informações levantadas serão processadas e digitalizadas no Centro de Memória e Informação Virtual do Patrimônio Industrial Ferroviário da EFNOB, a ser criado pelo Projeto. Metodologia: a pesquisa consta de 7 etapas. A primeira é a abordagem teórica; a segunda consiste na pesquisa documental a partir de fontes primárias. A terceira etapa é a pesquisa de campo que consiste no levantamento métrico e do estado de conservação dos materiais das edificações da EFNOB. A quarta etapa consiste no processamento dos registros coletados e redesenho dos projetos no AutoCAD. A quinta etapa é a análise dos resultados. A sexta etapa, a proposta de diretrizes para a para a salvaguarda do patrimônio cultural da EFNOB no Estado de São Paulo. A sétima etapa consiste na digitalização de documentos no Centro de Memória e Informação Virtual do Patrimônio Industrial Ferroviário da EFNOB. Resultados: contribuição com os estudos sobre patrimônio cultural de SP divulgação dos resultados em eventos científicos periódicos e livros formação de recursos humanos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Ferrovia que integrou o sertão marca urbanização do interior 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.