Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa de genes codificadores de adesinas em Staphylococcus spp. isolados de mastite bovina

Processo: 11/51483-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2011 - 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Priscilla Anne Melville
Beneficiário:Priscilla Anne Melville
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Leite  Mastite bovina  Staphylococcus  Fatores de virulência  Reação em cadeia por polimerase (PCR)  Adesinas bacterianas 

Resumo

No universo da pecuária leiteira, a mastite representa um importante desafio, sendo responsável por perdas econômicas consideráveis relacionadas principalmente com redução na produção de leite e gastos com medicamentos. O gênero Staphylococcus assume importância maior como agente etiológico das mastites devido à sua ampla distribuição e freqüência de ocorrência. A infecção estafilocócica tem início a partir da adesão do microrganismo ao tecido do hospedeiro sendo esta favorecida pela presença de fatores de virulência denominados adesinas. São escassos os dados na literatura acerca de adesinas em Staphylococcus coagulase-positivos e negativos e, particularmente sobre seu papel na patogenia das mastites. O presente estudo pretende esclarecer aspectos da epidemiologia das mastites causadas por espécies de Staphylococcus, através da pesquisa de genes codificadores de adesinas em isolados de Staphylococcus coagulase-positivos e negativos obtidos de quadros de mastites bovinas clínicas e subclínicas. Serão coletadas amostras de leite de fêmeas bovinas com mastite clínica e subclínica para exames microbiológicos e contagem de células somáticas. A quantidade de amostras de leite processadas deverá ser suficiente para que se possa obter um número mínimo de 100 estirpes de Staphylococcus spp. Estas estirpes, uma vez identificadas, serão submetidas a testes de susceptibilidade "in vitro" frente a diferentes antimicrobianos bem como será utilizada a reação em cadeia da polimerase para pesquisa de genes codificadores de adesinas - genes que codificam para proteína ligadora de colágeno (cna), proteína ligadora de laminina (eno), proteína ligadora de elastina (ebp), proteína ligadora de fibrinogênio (fib), proteína A ligadora de fibronectina (fnba), proteína B ligadora de fibronectina (fnbb) e proteína associada à formação de biofilme (bap). Os dados obtidos serão correlacionados com contagem de células somáticas visando ampliar o leque de informações acerca do assunto e assim permitir o desenvolvimento de estratégias mais eficientes de tratamento e controle desta enfermidade e possibilitar o aumento da produtividade leiteira. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZUNIGA, EVELINE; MELVILLE, PRISCILLA A.; SAIDENBERG, ANDRE B. S.; LAES, MARCO A.; GONSALES, FEMANDA F.; SALABERRY, SANDRA R. S.; GREGORI, FABIO; BRANDAO, PAULO E.; DOS SANTOS, FRANKLIN G. B.; LINCOPAN, NILTON E.; BENITES, NILSON R. Occurrence of genes coding for MSCRAMM and biofilm-associated protein Bap in Staphylococcus spp. isolated from bovine subclinical mastitis and relationship with somatic cell counts. Microbial Pathogenesis, v. 89, p. 1-6, DEC 2015. Citações Web of Science: 14.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.