Busca avançada
Ano de início
Entree

Biodiversidade das espécies toxigênicas de Aspergillus no Brasil: ocorrência, taxonomia polifásica e distribuição

Processo: 11/50136-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2011 - 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Marta Hiromi Taniwaki
Beneficiário:Marta Hiromi Taniwaki
Instituição-sede: Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas, SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/19847-0 - Biodiversidade das espécies toxigências de Aspergillus no Brasil: ocorrência, taxonomia polifásica e distribuição, BP.TT
12/00683-8 - Biodiversidade das espécies toxigências de Aspergillus no Brasil: ocorrência, taxonomia polifásica e distribuição, BP.TT
Assunto(s):Micotoxinas  Aspergillus  Fungos  Micologia 

Resumo

O Brasil possui uma biodiversidade pouco explorada na área de espécies toxigênicas de fungos incluindo as espécies de Aspergillus que estão entre os mais importantes fungos produtores de micotoxinas. A identificação correta em nível de espécie é muito importante na micologia de alimentos, porque existem várias características associadas a cada espécie. Além disso, o conhecimento da distribuição das espécies toxigênicas nos alimentos pode fornecer parâmetros para o controle e prevenção da produção de toxinas pelos fungos. Nestas condições, o presente projeto tem por objetivo estabelecer uma taxonomia polifásica para a identificação de espécies toxigênicas de Aspergillus que têm sido isoladas no Brasil. Como resultado deste trabalho será formado uma base de dados de todas as espécies de Aspergillus toxigênicos que forem sendo isolados contendo as informações: fenotípicas, genotípicas e filogenéticas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Pesquisa possibilita controlar a contaminação de castanhas-do-pará por micotoxinas 
Fungo descoberto em castanheiras pode ter atividade bactericida 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.