Busca avançada
Ano de início
Entree

Vigilância epidemiológica da doença cerebrovascular: perfil de risco associado à letalidade precoce e a longo prazo no estudo de mortalidade e morbidade do acidente vascular cerebral (Estudo EMMA), São Paulo-Brasil

Processo: 11/17568-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2011 - 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Alessandra Carvalho Goulart
Beneficiário:Alessandra Carvalho Goulart
Instituição-sede: Hospital Universitário (HU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Alessandra Fernandes Baccaro ; Alexandre da Costa Pereira ; Andre Russowsky Brunoni ; Isabela Judith Martins Bensenor ; Paulo Andrade Lotufo ; Roberta Ferreira de Mello
Assunto(s):Neurologia  Acidente vascular cerebral  Fatores de risco  Epidemiologia 

Resumo

Introdução: o acidente vascular cerebral (AVC) é um problema de saúde mundial e principal causa de incapacidade e mortalidade em adultos, principalmente em paises em desenvolvimento, como o Brasil. Essa proposta visa, portanto, estudar a epidemiologia do AVC em uma população de baixo nível sócio-econômico através dos participantes do Estudo EMMA (Estudo da Mortalidade e Morbidade do AVC) no Distrito do Butantã na cidade de São Paulo, com base na estratégia de vigilância proposta pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Metodologia: as características de base desse projeto de vigilância epidemiológica do AVC compreendem registros de base hospitalar de eventos fatais e não fatais (STEP 1). Além disso, todos os casos de acidente vascular cerebral que forem incluídos no Estudo serão seguidos até dois anos para verificação do impacto dos fatores de risco na letalidade precoce e a longo prazo e influência na sobrevida de acordo com os subtipos principais de AVC (hemorrágico e isquêmico). Resultados esperados: determinar as características do atendimento de urgência e emergência para possibilitar a orientação adequada dos serviços pré-hospitalares e das unidades isoladas de pronto-socorro existente na cidade; determinar a distribuição do evento por hora, dia da semana, mês e estação do ano para possibilitar o planejamento da assistência médica na rede hospitalar; avaliar o impacto dos fatores de risco cerebrovasculares associados ,estimar taxas de óbitos intra-hospitalar pós-alta hospitalar; determinar a taxa de letalidade e o grau de incapacidade por subtipo de doença cerebrovascular de acordo com faixa etária e sexo num seguimento prospectivo de até dois anos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GOULART, ALESSANDRA CARVALHO. ``EMMA Study: a Brazilian community-based cohort study of stroke mortality and morbidity{''}. São Paulo Medical Journal, v. 134, n. 6, p. 543-554, NOV-DEC 2016. Citações Web of Science: 1.
ALESSANDRA CARVALHO GOULART. "EMMA Study: a Brazilian community-based cohort study of stroke mortality and morbidity". São Paulo Medical Journal, v. 134, n. 6, p. -, Dez. 2016.
GOULART, ALESSANDRA C.; FERNANDES, TIOTREFIS G.; SANTOS, ITAMAR S.; ALENCAR, AIRLANE P.; BENSENOR, ISABELA M.; LOTUFO, PAULO A. Predictors of long-term survival among first-ever ischemic and hemorrhagic stroke in a Brazilian stroke cohort. BMC Neurology, v. 13, MAY 24 2013. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.