Busca avançada
Ano de início
Entree

Origem e evolução das serpentes e a sua diversificação na região neotropical: uma abordagem multidisciplinar

Processo: 11/50206-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Temático
Vigência: 01 de dezembro de 2011 - 30 de novembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia
Pesquisador responsável:Hussam El Dine Zaher
Beneficiário:Hussam El Dine Zaher
Instituição-sede: Museu de Zoologia (MZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisadores principais:Erika Hingst-Zaher ; Marcio Roberto Costa Martins ; Ricardo Jannini Sawaya
Auxílios(s) vinculado(s):14/02805-9 - Anatomia e relações filogenéticas de um novo dinossauro theropodo do Cretáceo Inferior do Brasil e diversificação dos dinossauros abelisaurídeos durante o Cretáceo Inferior da Gondwana, AV.EXT
Bolsa(s) vinculada(s):15/19414-5 - Levantamento e sistematização de conteúdo para divulgação dos resultados científicos do projeto "origem e evolução das serpentes e a sua diversificação na região neotropical: uma abordagem multidisciplinar", e alimentação de novas mídias, BP.TT
15/05047-0 - Revisão taxonômica e filogenia do gênero Apostolepis cope, 1862 (serpentes, Dipsadidae, Xenodontinae, Elapomorphini), BP.DR
14/14364-7 - Desenvolvimento embrionário do aparato de veneno nas serpentes: uma abordagem morfológica e molecular com ênfase na sua perda ou redução secundária, BP.PD
+ mais bolsas vinculadas 14/11855-0 - Ecologia e história natural de serpentes da Mata Atlântica na região de Sete Barras, sul do estado de São Paulo, BP.MS
14/13931-5 - Preparação do material fóssil de répteis da coleção de paleontologia do Museu de Zoologia da USP, BP.TT
14/01733-4 - Descrição morfológica e posicionamento filogenético de um lagarto (Reptilia, Squamata) do Mioceno inferior da formação Chichínales, general roça, província de Rio Negro, Argentina, BP.MS
13/22548-8 - Auxílio aos projetos de biologia molecular do Laboratório de Herpetologia do Museu de Zoologia da USP, BP.TT
13/04170-8 - Biogeografia histórica das serpentes da diagonal de formações abertas da América do Sul, BP.PD
13/20271-9 - Parceria Ciência-Comunidade: a conservação e o registro do conhecimento popular de serpentes da Mata Atlântica na região da fazenda barra do ETA, Sete Barras, SP, BP.TT
12/24755-8 - Análise filogenética e evolução das formas da cabeça de Amphisbaenia (Reptilia, Squamata), BP.DR
12/15273-0 - Biologia evolutiva e conservação de viperídeos, BE.PQ
12/19858-2 - Biogeografia e conservação das serpentes brasileiras, BP.PD
12/13327-5 - Filogenia da tribo Tachymenini Bailey, 1967 (Serpentes, Dipsadidae, Xenodontinae), BP.DR
12/11997-3 - Revisão taxonômica da tribo Dipsadini (Serpentes: Dipsadidae, Dipsadinae), BP.DR
12/12587-3 - Comportamento alimentar, mecanismo de tomada de alimento e caracterização da secreção das glândulas infralabiais de serpentes "Goo-eaters"(Dipsadidade:Dipsadinae), BP.PD
12/09182-1 - Relações filogenéticas de Colubridae (Serpentes) com ênfase nos representantes neotropicais: abordagem molecular e morfológica, BP.PD
12/08661-3 - Genômica comparada de serpentes insulares, BP.PD
12/09156-0 - Sistemática filogenética, biogeografia e revisão taxonômica do grupo Bothrops jararaca (Serpentes, Viperidae), BP.PD
12/10050-2 - Origem e evolução das serpentes e sua diversificação na região neotropical, BP.IC
12/05357-1 - Auxílio à curadoria da coleção de serpentes do Museu de Zoologia da USP, BP.TT
12/05359-4 - Auxílio à curadoria da coleção de tecidos do Museu de Zoologia da USP, BP.TT - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Biogeografia  Filogenia  Filogeografia  Paleontologia  Zoologia (classificação)  Evolução animal  Serpentes 

Resumo

Este projeto tem como objetivo principal estudar os padrões filogenéticos, ecológicos e biogeográficos das serpentes, bem como os processos evolutivos envolvidos na origem destes padrões. Pretendemos estudar estes aspectos através de uma abordagem multidisciplinar ao longo de um intervalo de tempo que se estende desde o Cretáceo até o recente, focando nossos esforços em questões pertinentes à origem e diversificação filogenética e ecológica das Serpentes, e mais especialmente da irradiação neotropical de Dipsadidae. Neste sentido, o projeto se valerá dos dados derivados de abordagens distintas e complementares, que englobam as áreas de paleontologia, biologia molecular, biogeografia, ecologia comparativa, morfometria geométrica, anatomia comparada e embriologia. Para abordar o tema referente à origem das serpentes e evolução inicial das suas características compartilhadas pretendemos estudar os fósseis que representam táxons-chave para o grupo, tais como os Pachyophiidae, Madtsoidae e "booideos" norte-americanos, e as suas afinidades com os grupos atuais em uma abordagem de evidência total (Kluge, 1989). Esta análise será estendida aos Colubroides, o grupo mais diversificado de serpentes atuais. Neste, pretendemos elaborar uma filogenia que abranja a grande maioria das espécies pertencentes à irradiação neotropical de Dipsadidae, que representa um dos seus componentes mais diversos. Tanto a filogenia dos grandes grupos de serpentes, envolvendo fósseis e atuais, quanto à filogenia do clado Colubroides e dos Dipsadidae neotropicais, fornecerão o arcabouço histórico necessário para a elaboração dos estudos de ecologia e biogeografia comparativas. O tema acerca da origem e evolução das serpentes e das suas características de vida oferece um conteúdo único para a elaboração de material didático e de divulgação científica, como solicitado no edital da Fapesp. Desta forma, propõe-se a elaboração de dois principais produtos de divulgação científica: 1) uma serie de filmes de curta duração, introduzindo, explicando e explorando os aspectos mais importantes da evolução e biologia das serpentes; 2) elaboração de livros, apostilas e material de apoio didático para uso do público de museus de história natural da cidade de São Paulo, particularmente estudantes do ensino fundamental e médio. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Atlas de répteis destaca Cerrado e Caatinga como regiões importantes para conservação 
Pesquisa destaca diversificação em víboras 
Nova espécie de jararaca descoberta em ilha do Espírito Santo pode estar em extinção 
Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Como as serpentes chegaram a Galápagos 
Serpentes acuadas