Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da resposta da frequência cardíaca, da pressão arterial e da variabilidade da frequência cardíaca durante a contração da musculatura do assoalho pélvico

Processo: 11/20046-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2012 - 31 de janeiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Patricia Driusso
Beneficiário:Patricia Driusso
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Pesq. associados:Aparecida Maria Catai ; Audrey Borghi e Silva ; Michel Silva Reis
Assunto(s):Incontinência urinária  Assoalho pélvico  Eletromiografia  Pressão sanguínea  Frequência cardíaca 

Resumo

A musculatura do assoalho pélvico (MAP) é um complexo de músculos em multicamadas que forma a base da cavidade pélvica-abdominal e é composto por diversas estruturas que trabalham como uma unidade funcional única realizando diversas funções. Entretanto algumas mulheres podem apresentar disfunção da MAP, como a incontinência urinária e anal, prolapso de órgãos pélvicos, hipoestesia, anorgasmia, vaginismo e dispareunia. Para o tratamento fisioterapêutico destas disfunções são realizadas contrações fásicas e tônico-isométricas, porém não se sabe se estas contrações interferem na variabilidade da frequência cardíaca (VFC), na resposta da FC e na pressão arterial (PA), justificando a necessidade deste estudo.Objetivo: Avaliar a resposta da FC e da PA durante a avaliação da MAP em mulheres jovens e idosas.Metodologia: O estudo será realizado na Universidade Federal de São Carlos. Serão incluídas no estudo 90 mulheres saudáveis, com idade entre 18 a 80 anos, com vida sexual ativa e com índice de massa corpórea normal. As voluntárias serão submetidas à anamnese, aplicação do Questionário Internacional de Atividade Física - Versão Longa (IPAC-VL), palpação digital, eletromiografia de superfície, teste de caminhada de seis minutos, teste cardiopulmonar e perineometria da MAP simultaneamente com a avaliação da resposta da FC e da PA. Os dados serão tabelados no Excel, analisados no programa Statistica e a sua normalidade será testada pelo teste Shapiro-wilk. Para verificar correlação entre as variáveis será aplicado o teste de correlação de Spearman. Será adotado um nível de significância de 5%. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CORREA, MIKAELA DA SILVA; CATAI, APARECIDA M.; MILAN-MATTOS, JULIANA C.; PORTA, ALBERTO; DRIUSSO, PATRICIA. Is pelvic floor muscle training able to alter the response of cardiovascular autonomic modulation and provide a possible cardiovascular benefit to pregnant women?. NEUROUROLOGY AND URODYNAMICS, AUG 2020. Citações Web of Science: 0.
CORREA, MIKAELA DA SILVA; CATAI, APARECIDA MARIA; MILAN-MATTOS, JULIANA CRISTINA; PORTA, ALBERTO; DRIUSSO, PATRICIA. Cardiovascular autonomic modulation and baroreflex control in the second trimester of pregnancy: A cross sectional study. PLoS One, v. 14, n. 5 MAY 14 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.