Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de alimentos infantis orgânicos complementares

Processo: 03/07518-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de maio de 2004 - 31 de outubro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos
Pesquisador responsável:Rogério Lopes Vieites
Beneficiário:Rogério Lopes Vieites
Empresa:Refazenda Grumo Manufatura e Comércio de Gêneros Alimentícios Ltda (Refazenda)
Município: Botucatu
Bolsa(s) vinculada(s):04/06960-7 - Desenvolvimento de alimentos infantis orgânicos complementares, BP.TT
Assunto(s):Alimentação infantil 

Resumo

Os hortifrutis são as principais fontes de vitaminas e componentes obrigatórios de todo cardápio nutricionalmente equilibrado, incluindo-se o das crianças. O presente trabalho tem como objetivo produzir seis tipos comerciais de alimentos infantis orgânicos complementares, com padrões de qualidade nutricional, sensorial e microbiológico e com vida longa de prateleira. Enfatiza-se que a agricultura orgânica é um amplo e variado espectro de práticas com princípios biológica e ecologicamente corretos. Para a elaboração desses alimentos serão utilizados produtos de origem vegetal como abóbora, arroz branco, banana-prata, beterraba, brócolis, cenoura, espinafre, feijão, inhame, laranja-lima, mamão formosa e mandioca, cultivados na região de Botucatu (SP). Posteriormente serão feitas análises nutricional e centesimal, avaliação sensorial com as indicações de Moraes (1985) e análise microbiológica em relação aos parâmetros requeridos pela RDC nº 12, resolução adotada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), além da enumeração de bolores e de leveduras e contagem padrão de heterotróficos. A comercialização desses produtos deverá ser feita em diversas redes varejistas, localizadas em São Paulo e no Rio de Janeiro. (AU)