Busca avançada
Ano de início
Entree

Instrumentalizando os profissionais da atenção básica para o enfrentamento da violência contra criança

Resumo

O presente estudo busca o enfrentamento da violência contra a criança no sentido de buscar formas de reconhecer, intervir, proteger a criança para promover o crescimento e desenvolvimento adequados, resguardando, portanto os direitos dela prescritos na Constituição Brasileira e no ECA. Objetivo geral "Criar e avaliar um modelo pedagógico para qualificação dos profissionais da Atenção Básica no enfrentamento do fenômeno da violência contra a criança". Tratando-se de direitos humanos e de desnível de poder, ao intervir nas relações violentas de poder pode de forma direta ou indireta contribuir para minorar a violência impetrada contra crianças que causam sofrimentos e limitam o pleno crescimento e desenvolvimento infantil. Portanto, a intervenção necessária, ainda que não única, deve ser nas famílias em situações de violência contra a criança, mas também na intervenção daquelas que poderão construir uma cultura de não-violência, promovendo um ambiente salutogênico. Será desdobrado em três subprojetos estão descritos, cada um com metodologia específica em congruência com o objeto: exploratório, descritivo e transversal; pesquisa-ação para a qualificação dos profissionais. Os resultados esperados são: construção de um modelo pedagógico de capacitação para o enfrentamento da violência contra criança; formação de pesquisadores no nível de iniciação científica, mestrado, doutorado e pós-doutorado; qualificação dos profissionais da atenção básica; publicação científica e divulgação. (AU)