Busca avançada
Ano de início
Entree

Leucograma e bioquímica sérica, com ênfase em proteínas de fase aguda e imunoglobulinas, em cabras com mastite experimental causada por Staphylococcus aureus e Streptococcus agalactiae

Resumo

O objetivo do trabalho é determinar o leucograma e o perfil bioquímico sérico, em especial de proteínas de fase aguda (PFAs) e imunoglobulinas, de cabras com mastite experimental por Staphylococcus aureus e Streptococcus agalactiae, com intuito de verificar sua importância como biomarcadores precoces da infecção mamária e identificar as principais PFAs envolvidas na resposta de fase aguda nesta espécie. Serão avaliados 20 quartos mamários de 10 cabras mestiças (Boer x Saanen x Anglo Nubiana), adultas, selecionadas após exame clínico e mediante negatividade constatada nos testes da caneca telada ou de fundo preto, ao California Mastitis Test e a exames microbiológicos. As 10 fêmeas serão aleatoriamente distribuídas em dois grupos: GI - infecção intramamária experimental por Staphylococcus aureus e GII - infecção intramamária experimental por Streptococcus agalactiae. Cada grupo conterá cinco animais e cada fêmea será infectada experimentalmente em um dos tetos, tendo-se o teto contralateral como controle. Uma vez iniciado o período experimental, os animais serão submetidos a exame clínico geral e da glândula mamária e a colheitas de sangue e leite diárias, durante sete dias, sendo a primeira colheita realizada previamente a inoculação (M0) e as seguintes em M1, M2, M3, M4, M5 e M6. Ao término deste período será realizado tratamento antibiótico sistêmico e tópico, como preconizado para infecções causadas pelos agentes em epígrafe. (AU)