Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do possível valor da expressão imunohistoquímica da caderina-E e metaloproteases da matriz extracelular tipo 2 e tipo 9 no risco de metástases linfonodadais em pacientes com carcinoma epidermóide de pênis

Processo: 00/13917-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2001 - 31 de dezembro de 2002
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Ademar Lopes
Beneficiário:Ademar Lopes
Instituição-sede: Hospital A C Camargo. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neoplasias penianas  Metástase neoplásica  Carcinoma de células escamosas  Metaloproteases  Imuno-histoquímica  Caderinas 

Resumo

O tratamento cirúrgico dos linfonodos regionais em pacientes com câncer de pênis leva à morbidade considerável. Selecionar melhor os pacientes candidatos às linfadenectomias através de novos marcadores é necessário. A expressão imunohistoquímica das metaloproteases tipo 2 e 9 e caderina-E se correlacionam com a chance de metástase em tumores de cabeça e pescoço e uterino e podem ter valor em câncer de pênis. O estudo irá avaliar o possível valor da expressão imunohistoquímica da caderina-E e metaloproteases tipo 2 e 9 no risco de metástases em pacientes com câncer de pênis. Serão avaliados os dados de prontuário e peças cirúrgicas arquivadas em blocos de parafina. (AU)