Busca avançada
Ano de início
Entree

Programa de Saúde Auditiva Infantil: triagem auditiva em crianças de 0 a 3 anos de idade

Processo: 11/50923-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2012 - 30 de junho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Convênio/Acordo: Fundação Maria Cecília Souto Vidigal
Pesquisador responsável:Ana Cláudia Vieira Cardoso
Beneficiário:Ana Cláudia Vieira Cardoso
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/11605-8 - Programa de Saúde Auditiva Infantil: triagem auditiva em crianças de 0 a 3 anos de idade, BP.TT
12/08865-8 - Programa de Saúde Auditiva Infantil: triagem auditiva em crianças de 0 a 3 anos de idade, BP.TT
Assunto(s):Audiologia pediátrica  Diagnóstico audiológico  Diagnóstico precoce  Deficiência auditiva  Perda auditiva  Emissões otoacústicas  Potenciais evocados auditivos 

Resumo

A identificação da deficiência auditiva, especialmente em crianças, é um tema que tem preocupado profissionais de diversas áreas, especialmente os fonoaudiólogos. O diagnóstico precoce dos problemas auditivos é de extrema importância, pois a perda de audição não detectada pode trazer dificuldades no desenvolvimento das habilidades de comunicação, linguagem, fala e cognição. Diagnosticar tais alterações em crianças que não respondem adequadamente a testes subjetivos torna-se um desafio. Utilizar testes objetivos torna-se primordial, sendo recomendados as emissões otoacústicas evocadas e os potenciais evocados auditivos de tronco encefálico. O objetivo deste projeto é diagnosticar perdas auditivas em neonatos e lactentes e, monitorar a função auditiva de crianças com indicadores de risco para deficiência auditiva até o terceiro ano de vida. Este projeto será desenvolvido no Laboratório de Avaliação Objetiva da Audição, vinculado ao Departamento de Fonoaudióloga da Faculdade de Filosofia e Ciências- Campus de Marília e englobará a análise dos dados do diagnóstico audiológico das crianças. Os resultados serão descritos e analisados de forma qualitativa e quantitativa. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Exames aumentam precisão do “teste da orelhinha”