Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo dos efeitos não-genômicos da aldosterona: receptor e vias de sinalização no túbulo proximal e participação no mecanismo da lesão renal

Processo: 11/19967-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2012 - 30 de junho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Deise Carla Almeida Leite Dellova
Beneficiário:Deise Carla Almeida Leite Dellova
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Pesq. associados:Giovana Krempel Fonseca Merighe ; Margarida de Mello Aires ; Maria Oliveira de Souza
Bolsa(s) vinculada(s):12/20709-1 - Treinamento em técnicas de cultura celular e biologia molecular, BP.TT
Assunto(s):Rim  Néfrons  Aldosterona  ATPases transportadoras de cálcio 

Resumo

Até pouco tempo, acreditava-se que a aldosterona modulava apenas, genomicamente, o transporte iônico em segmentos do néfron distal. Contudo, nossas publicações recentes demonstram efeitos genômicos e não-genômicos da aldosterona no túbulo proximal (segmentos S2 e S3) e que o receptor para mineralocorticóides (MR) participa de seus efeitos genômicos. Porém, o receptor e as vias de sinalização não-genômicas da aldosterona ainda são desconhecidos, embora tenhamos recentes dados experimentais evidenciando que o receptor para glicocorticóides (GR) está envolvido na sua rápida ação renal e uma publicação atual indique que seus efeitos vasculares rápidos se devem ao receptor GPR30 endotelial e da musculatura lisa vascular. O presente projeto objetiva confirmar a participação do GR e/ou do GPR30 nos efeitos não-genômicos da aldosterona sobre a concentração de cálcio citosólico ([Ca2+]i) e os transportadores Na+/H+ e H+-ATPase no rim, além de pesquisar o envolvimento da ERK1/2, AMPc, PKC e PLC nas vias de sinalização de tais efeitos, utilizando células imortalizadas do túbulo proximal de ratos (IRPTC) e segmentos S3 isolados do túbulo proximal de ratos como modelos experimentais. Considerando o envolvimento da aldosterona na patogênese da disfunção renal progressiva, serão realizados experimentos in vivo que permitam relacionar um mecanismo não-genômico (ativação e expressão do EGFR e da ERK1/2 no tecido renal) com o estabelecimento de lesões renais, ambos induzidos pela aldosterona. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LEITE-DELLOVA, DEISE C. A.; SZRIBER, SHIRLEY J.; MERIGHE, GIOVANA K. F.; POLIDORO, JULIANO Z.; REBOUCAS, NANCY A.; OLIVEIRA-SOUZA, MARIA; DE MELLO-AIRES, MARGARIDA. Signaling pathways involved in the rapid biphasic effect of aldosterone on Na+/H(+)exchanger in rat proximal tubule cells. JOURNAL OF STEROID BIOCHEMISTRY AND MOLECULAR BIOLOGY, v. 182, p. 87-94, SEP 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.