Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo e caracterização das propriedades ópticas e elétricas de polímeros com potencial para o desenvolvimento de sensores

Processo: 11/20369-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2012 - 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Daniel Souza Corrêa
Beneficiário:Daniel Souza Corrêa
Instituição-sede: Embrapa Instrumentação Agropecuária. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Pesq. associados:Cleber Renato Mendonça ; Juliano Elvis de Oliveira ; Leonardo de Boni ; Luiz Henrique Capparelli Mattoso ; Viviane Grassi
Assunto(s):Polímeros conjugados  Língua eletrônica  Sensores ópticos  Poluentes da água 

Resumo

Neste projeto de pesquisa propomos o estudo e a caracterização de polímeros conjugados avançados para o desenvolvimento de sensores ópticos e elétricos. As propriedades ópticas lineares (como absorção e fluorescência) e não lineares (como absorção e fluorescência multifotônica) e as propriedades elétricas destes polímeros (como resistência e capacitância elétrica) serão estudadas visando potenciais aplicações em dispositivos e sensores ópticos e elétricos para avaliação da qualidade de água. Dentre os materiais poliméricos estudados neste projeto, destacam-se os derivados de polifluorenos, politiofenos, polipirrol entre outros. Em relação às propriedades elétricas, os polímeros serão utilizados como filmes finos nanoestruturados em eletrodos interdigitados para aplicação na Língua Eletrônica, que será utilizada na avaliação de contaminantes em água em relação a pesticidas, como o paraoxon. A técnica utilizada para deposição dos filmes poliméricos será a automontagem (layer-by-layer self-assembly technique), cujos filmes serão caracterizados em termos de morfologia, rugosidade e propriedades físico-químicas, através de técnicas como espectroscopia UV-Vis, FTIR, microscopia de força atômica, eletrônica de varredura e óptica. Em relação às propriedades ópticas não lineares dos polímeros, utilizaremos a técnica de varredura-Z para determinação da absorção de dois fótons destes materiais, bem como técnicas de fluorescência via excitação multifotônica. As caracterizações ópticas e elétricas destes polímeros empregando técnicas avançadas permitirão avanços no conhecimento dos materiais, bem como possibilitarão o uso e aplicação dos mesmos em sensores e dispositivos ópticos e elétricos, como por exemplo, na determinação de contaminantes em água. (AU)