Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo das cepas de Burkholderia cepacia complex em pacientes candidatos ao transplante pulmonar:avaliacao dos marcadores de virulência análise de genomovar

Processo: 11/51832-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2012 - 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Paulo Manuel Pêgo-Fernandes
Beneficiário:Paulo Manuel Pêgo-Fernandes
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Pulmão  Fibrose cística 

Resumo

O transplante pulmonar bilateral tornou-se tratamento de escolha para pacientes com fibrose cística em falência respiratória progressiva. Apesar de apresentar baixa incidência de colonização, a Burkholderia cepacia complex tem sido associada à maior mortalidade em pacientes no período pré e pós-operatório. No Brasil, estudo recente descreveu as características genotípicas e fatores de virulência das cepas de Burkholderia cepacia complex isoladas em pacientes com fibrose cística, sendo a B. cenocepacia e o genomovar-HIA o membro mais freqüentemente encontrado neste grupo de pacientes. Entretanto, ainda não foi possível correlacionar estes achados laboratoriais com a evolução clínica destes pacientes antes e após o transplante pulmonar. Objetivos: Avaliar as cepas de Burkholderia cepacia complex isoladas em amostras do trato respiratório de pacientes com doença pulmonar supurativa antes e após o transplante pulmonar quanto ao perfil de sensibilidade, espécies e genomovar. Analisar evolução clínica e impacto em sobrevida. Materiais e Métodos: Estudo de coorte prospectivo. Serão incluídas todas as amostras de trato respiratório (escarro e lavado broncoalveolar) com cultura positiva para Burkholderia cepacia complex de todos os pacientes com doença supurativa (fibrose cística e bronquiectasias) encaminhados pára avaliação ou já em lista ou após transplante pulmonar por um período de dois anos. As amostras de trato respiratório serão as mesmas já solicitadas pela rotina assistencial do serviço de transplante pulmonar InCor- HCFMUSP, Serviço de Pneumologia do HCFMUSP e Serviço de Pneumologia Infantil do Instituto da Criança (ICr) - HCFMUSP. O estudo de resistência e tipagem bacteriana serão realizados no laboratório de microbiologia do ICHC-FMUSP. Os dados clínicos serão coletados por consulta aos prontuários médicos. A análise estatística será realizada pelo modelo de Cox para covariáveis dependentes do tempo e a curva de Kaplan-Meier (long rank teste) para curva de sobrevida. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CARRARO, DANILA DE SOUZA; CARRARO, RAFAEL MEDEIROS; CAMPOS, SILVIA VIDAL; IUAMOTO, LEANDRO RYUCHI; DE OLIVEIRA BRAGA, KARINA ANDRIGHETTI; DE OLIVEIRA, LEA CAMPOS; SABINO, ESTER CERDEIRA; ROSSI, FLAVIA; PEGO-FERNANDES, PAULO MANUEL. Burkholderia cepacia, cystic fibrosis and outcomes following lung transplantation: experiences from a single center in Brazil. Clinics, v. 73, p. -, 2018. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.