Busca avançada
Ano de início
Entree

Ação antioxidante do resveratrol sobre o metabolismo oxidativo e apoptose de neutrófilos de cães sadios submetidos ao estresse oxidativo da uremia

Processo: 11/08081-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2012 - 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Paulo César Ciarlini
Beneficiário:Paulo César Ciarlini
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária (FMVA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Patologia veterinária  Estresse oxidativo  Espécies de oxigênio reativas  Neutrófilos  Antioxidantes  Respiração celular 

Resumo

O estresse oxidativo em pacientes urêmicos está associado ao aumento de espécies reativas de oxigênio (ERO) geradas por neutrófilos ativados e por falhas nos mecanismos antioxidantes. Recentemente, em pesquisa financiada pela FAPESP (Proc. 07/06214-1), foram obtidas evidências de que a uremia também causa estresse oxidativo em cães, além de alteração no metabolismo oxidativo e apoptose dos neutrófilos. Embora a ocorrência de uremia seja comum na espécie canina, não há estudos que avaliem o potencial efeito de benéfico de drogas antioxidantes em cães urêmicos. O resveratrol é um potente antioxidante presente naturalmente em algumas plantas e com ação comprovada sobre o estresse oxidativo causado pela insuficiência renal em humanos. Há um grande interesse em se avaliar a ação de antioxidantes no controle do estresse oxidativo da uremia, porém pouco se conhece quanto ao efeito antioxidante do resveratrol nesta condição, em especial sobre o metabolismo oxidativo e a apoptose dos neutrófilos. O presente trabalho tem como objetivo testar in vitro o efeito do resveratrol sobre o metabolismo oxidativo e a apoptose de neutrófilos de cães, assim como avaliar se este antioxidante minimiza o estresse oxidativo urêmico. Para tal será quantificado a capacidade antioxidante total, o MDA, assim como a produção de superóxido e a apoptose de neutrófilos de cães sadios incubados com soro urêmico, na presença e ausência do resveratrol. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.