Busca avançada
Ano de início
Entree

Automatização do diagnóstico de parasitos entéricos do homem por análise computadorizada de imagens

Processo: 11/51467-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de maio de 2012 - 30 de abril de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Jancarlo Ferreira Gomes
Beneficiário:Jancarlo Ferreira Gomes
Empresa:Immunocamp Comércio de Produtos Hospitalares Ltda
Município: Vinhedo
Bolsa(s) vinculada(s):13/14070-0 - Automatização do diagnóstico de parasitos entéricos do homem por análise computadorizada de imagens, BP.PIPE
Assunto(s):Doenças parasitárias  Técnicas e procedimentos diagnósticos  Diagnóstico por imagem  Diagnóstico por computador 

Resumo

As parasitoses intestinais no homem são altamente prevalentes no mundo, constituindo sério problema de Saúde Pública, podendo proporcionar graves doenças e óbitos, principalmente em países tropicais e em desenvolvimento como o Brasil. Para a realização do diagnóstico destas parasitoses, o laboratório de análises clínicas utiliza-se de técnicas convencionais e kits comerciais, cujos desempenhos diagnósticos deixam a desejar, por apresentarem sensibilidades baixas ou moderadas, oscilando de 30,2% a 77,8%. Esta falta de sensibilidade apresentada decorre, sobretudo: da falta de escolha de técnicas diagnosticas mais adequadas; da falta de controle de qualidade nos procedimentos técnicos; e do pouco conhecimento por parte de profissionais de laboratório sobre a identificação das estruturas de eliminação de espécies parasitárias. Atualmente, não há no mundo um sistema que automatize o diagnóstico das parasitoses da luz intestinal de humanos. Porém, este novo tipo de diagnóstico tem sido uma meta de pesquisa desde 1999, quando membros da equipe desta proposta desenvolveram com sucesso, em projeto FAPESP/PIPE, uma técnica parasitológica inovadora de maior sensibilidade diagnostica, denominada TF-Test (Three Fecal Test), para a realização de coleta e processamento laboratorial de amostras fecais, a qual foi industrializada e está disponível no mercado. Dando prosseguimento a esta linha de pesquisa, foi concluído recentemente (2011) um projeto de auxílio regular FAPESP, com membros da mesma equipe, que resultou à viabilização técnico/científica de um sistema automatizado, denominado DAPI, para o diagnóstico de grande parte das parasitoses intestinais mais comuns em humanos no país. Este sistema consiste de avanços na citada técnica parasitológica, efetivamente intitulada de TF-Test Modified, cuja permitiu reduzir a quantidade de impurezas em material fecal e possibilitou a aplicação de técnicas computacionais nas imagens, combinados com equipamentos e métodos para aquisição e processamento automatizados de imagens em lâminas de microscopia óptica. A presente proposta tem em vista o prosseguimento da pesquisa com o sistema DAPI, para efetivamente transformá-lo em um produto comercial, com as seguintes atividades em uma pequena empresa: a) ampliação do diagnóstico por computador para as espécies mais prevalentes do Brasil, através de melhorias nas técnicas parasitológicas e computacionais; b) aplicação de modificação (melhoria) do sistema DAPI, visando utilizar componentes mais simples e mais rápidos, já disponíveis no mercado, de maneira a aumentar a sua eficácia diagnostica; c) criação de pontos de verificação para a detecção de falhas no procedimento laboratorial e no equipamento; d) validação de campo do sistema DAPI; e) industrialização e comercialização do produto resultante da validação do sistema DAPI. Como resultados principais, esperamos contribuir significativamente ao avanço da área de parasitologia clínica humana, apoiando a execução da pesquisa em uma pequena empresa do Estado de São Paulo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.