Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos casos de síndrome coronariana aguda atendidos no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo de acordo com a unidade de procura por atendimento: estratégia ERICO - APs

Resumo

Dor torácica é uma queixa clínica freqüente na atenção primária à saúde (APS). A dor torácica de etiologia coronariana tem especial importância pela alta morbi-mortalidade a ela relacionada. A ecologia do atendimento em nível primário do paciente com dor torácica em nosso país é pouco conhecida e há poucos dados na literatura com relação à melhor forma de gerenciar essa demanda e prover acesso ao tratamento. A existência da Projeto ERICO (Estratégia de Registro de Insuficiência Coronariana) no Hospital Universitário da USP (HU-USP) e do Projeto Região Oeste da Faculdade de Medicina da USP (PRO-FMUSP) cria ambiente favorável para o estudo. Objetivos: Avaliar diferença em desfechos clínicos (morte, re-internação, necessidade de angioplastia e/ou revascularização) e intermediários (tempo para contato médico e tempo para instituição do tratamento) entre pacientes com síndromes coronarianas agudas (SCA) que procuram diretamente o hospital e aqueles que procuram inicialmente serviços de atendimento primário..Métodos: Serão avaliados os indivíduos atendidos no HU-USP com diagnóstico de síndrome coronariana aguda, que tenham concordado em participar da estratégia ERICO. Informações com relação ao atendimento pré-hospitalar, na unidade de APS, serão obtidas. Os participantes serão estratificados de acordo com a unidade de procura por atendimento (APS ou hospital). Os grupos serão comparados em relação a (1) frequência intra-hospitalar e após 30 e 180 dias dos desfechos clínicos (morte, reinternação, necessidade de angioplastia e/ou revascularização) e (2) ocorrência de diferença em desfechos intermediários (tempo para contato médico e tempo para instituição do tratamento). Adicionalmente, prevê-se treinamento das equipes das unidades de APS com relação ao atendimento padronizado dos pacientes com dor torácica e com suspeita de síndrome coronariana aguda. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RAFAEL C. O. SANTOS; ISABELA M. BENSENOR; ALESSANDRA C. GOULART; PAULO A. LOTUFO; ITAMAR S. SANTOS. Frequência e Motivos para a não Administração e Suspensão de Medicamentos durante um Evento de Síndrome Coronariana Aguda. Estudo ERICO. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, v. 115, n. 5, p. 830-839, Nov. 2020.
SANTOS, RAFAEL C. O.; BENSENOR, ISABELA M.; GOULART, ALESSANDRA C.; LOTUFO, PAULO A.; SANTOS, ITAMAR S. Frequency and Reasons for Non-Administration and Suspension of Drugs During an Acute Coronary Syndrome Event. The ERICO Study. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, v. 115, n. 5, p. 830-838, NOV 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.