Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação entre medidas de produção de fala e cognitivo-linguísticas no diagnóstico do transtorno fonológico

Resumo

O transtorno fonológico é uma alteração de fala e linguagem bastante ocorrente na população infantil e, que se manifesta de forma heterogênea. A indicação feita por modelos teóricos que estudam o desenvolvimento da fala de que há inter-relação entre os processamentos motor da fala, cognitivo-linguístico e auditivo conduziu à proposição da presente pesquisa, que tem como objetivos: aplicar provas complementares cognitivo-linguísticas (inconsistência de fala, consciência fonológica) e motoras da fala (taxa articulatória, estimulabilidade, diadococinesia, eletroglotografia, análise acústica) e descrevê-las em crianças com e sem diagnóstico de transtorno fonológico. Além disso, pretende também descrever os achados ultrassonográficos dos movimentos de língua na produção dos sons línguo-alveolares e línguo-palatais em adultos falantes do Português Brasileiro. Participarão da pesquisa 100 sujeitos sendo alocados em três grupos: grupo de 40 crianças com transtorno fonológico (GP), de ambos os gêneros com idades entre 5:1 e 8:11 anos; grupo controle crianças (GCC) composto por 30 crianças com desenvolvimento típico para a idade, de ambos os gêneros e idade entre 5:1 e 8:11 anos e, um grupo controle adultos (GCA) com 30 sujeitos de ambos os gêneros e idades entre 18 e 30 anos sem queixas de alterações da comunicação. Serão analisadas as seguintes medidas: PCC, PCC-R, inconsistência de fala, processos fonológicos, estimulabilidade para os sons ausentes do inventário, DDK, taxa de articulação em fones por segundo, eletroglotografia, análise acústica, consistência de erros, ultrassonografia da língua. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FRANCISCO, DANIRA TAVARES; WERTZNER, HAYDEE FISZBEIN. Differences between the production of [s] and [?] in the speech of adults, typically developing children, and children with speech sound disorders: An ultrasound study. CLINICAL LINGUISTICS & PHONETICS, v. 31, n. 5, p. 375-390, 2017. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.