Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação entre o tipo de protaminação e a atividade das endonucleases na proteção do DNA espermático bovino

Processo: 11/19551-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2012 - 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Mayra Elena Ortiz D' Avila Assumpcao
Beneficiário:Mayra Elena Ortiz D' Avila Assumpcao
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Espermatozoides  Protaminas  Fragmentação do DNA  Expressão gênica 

Resumo

O presente projeto busca estabelecer uma relação entre a sensibilidade do espermatozóide bovino ao processo de fragmentação do DNA espermático com o tipo de protaminação e com a quantidade e/ou capacidade do espermatozóide em ativar as endonucleases. Sabe-se que a integridade da cromatina espermática é fundamental para a transmissão das informações genéticas paternas, sendo que alterações de DNA podem levar a falhas no processo reprodutivo. A protamina possui a função de compactar, estabilizar e proteger o material genético no núcleo do espermatozóide, assim o gameta masculino após penetrar o oócito é capaz de iniciar o desenvolvimento embrionário e expressar as informações genéticas de forma correta. Na espécie humana a quantidade de informações sobre estas nucleoproteínas é vasta, no entanto na espécie bovina, a expressão destas proteínas ainda não está completamente esclarecida. As endonucleases são ativadas no espermatozóide em resposta à interação com o DNA exógeno. Esta ativação é dose-dependente, quanto maior a dose de DNA exógeno maior a atividade das endonucleases, desencadeando uma fragmentação do mesmo.Tal conhecimento, além de oferecer subsídios básicos sobre a biologia desta célula, tem como aplicabilidade poder estudar estratégias futuras para aprimorar a técnica de transferência gênica mediada por espermatozóides (TGME) para a produção de animais transgênicos. Pelos baixos resultados desta técnica na espécie bovina, formulou-se a hipótese de que a estrutura morfológica, fisiológica e molecular do espermatozóide nesta espécie possa ser diferente, sendo a causa destes resultados. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HAMILTON, T. R. S.; SIMOES, R.; MENDES, C. M.; GOISSIS, M. D.; NAKAJIMA, E.; MARTINS, E. A. L.; VISINTIN, J. A.; ASSUMPCAO, M. E. O. A. Detection of protamine 2 in bovine spermatozoa and testicles. ANDROLOGY, v. 7, n. 3, p. 373-381, MAY 2019. Citações Web of Science: 0.
DOS SANTOS HAMILTON, THAIS ROSE; PEREZ SIQUEIRA, ADRIANO FELIPE; DE CASTRO, LETICIA SIGNORI; MENDES, CAMILLA MOTA; DELGADO, JULIANA DE CARVALHO; DE ASSIS, PATRICIA MONKEN; MESQUITA, LEONARDO PEREIRA; MAIORKA, PAULO CESAR; NICHI, MARCILIO; GOISSIS, MARCELO DEMARCHI; VISINTIN, JOSE ANTONIO; AVILA ASSUMPCAO, MAYRA ELENA ORTIZ D. Effect of Heat Stress on Sperm DNA: Protamine Assessment in Ram Spermatozoa and Testicle. OXIDATIVE MEDICINE AND CELLULAR LONGEVITY, 2018. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.