Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação entre duas vias de acesso para a realização da técnica "Toogle PIN Fixation" em cadáveres de cães

Resumo

Os objetivos do presente estudo são comparar duas abordagens para a articulação coxo femoral a fim de realizar a técnica "Toggle Pin Fixation" quanto a acurácia na sua confecção e possibilidade de lesão iatrogênica do nervo ciático. Serão utilizadas vinte articulações (dez cadáveres de cães), as quais serão divididas em: Grupo I - dez articulações, técnica Toggle pin Fixation através de abordagem da articulação coxo femoral por osteotomia do trocanter maior e Grupo II - dez articulações, técnica Toggle pin Fixation através de abordagem da articulação coxo femoral por incisão craniolateral. Ambos os procedimentos serão realizados em um mesmo animal. A avaliação será realizada por mensuração da distancia entre o túnel realizado na cabeça do fêmur e o local de inserção do ligamento redondo, bem como a distancia entre o orifício realizado no acetábulo e o local de inserção do ligamento redondo. Avaliar-se-á a possibilidade de lesão do nervo ciático pela medida entre a distância deste e o ponto mais próximo de incisão de tecidos moles periarticulares. Também serão mensurados os ângulos desta articulação antes e após o procedimento. Hipotetizamos que a técnica Toggle pin Fixation por abordagem craniolateral possui acurácia semelhante a obtida pela via clássica - osteotomia do trocanter maior. Também hipotetizamos que a abordagem a articulação coxo femoral através de osteotomia do trocanter maior é de maior risco para lesão do nervo ciático quando comparado com a abordagem por incisão craniolateral quando avaliado pela mensuração da distância entre o nervo ciático e o local de incisão de tecidos moles. Os resultados obtidos serão avaliados através de testes estatísticos. (AU)