Busca avançada
Ano de início
Entree

Biodiversidade de helmintos associados a anfíbios e répteis da RPPN Foz do Aguapeí, município de Paulicéia, São Paulo, Brasil

Resumo

As comunidades de helmintos associados a anfíbios e répteis são geralmente caracterizadas pela baixa riqueza de espécies. No entanto, características do hábitat e da comunidade local de hospedeiros podem afetar a composição e estrutura das comunidades componentes de helmintos. Fatores como a especificidade do parasita ao hospedeiro e a distância geográfica entre as populações de hospedeiros contribuem para a composição e estrutura das comunidades de helmintos associados aos anfíbios. Adicionalmente, em estudos de fauna de helmintos associadas às diversas espécies de hospedeiros também é preciso levar em conta as relações filogenéticas entre as espécies de hospedeiros. O objetivo principal deste projeto é caracterizar a composição e estrutura das comunidades componentes de helmintos associados aos anfíbios e répteis em uma região composta por bioma de transição de Mata Atlântica para Cerrado em uma unidade de conservação (Reserva Particular do Patrimônio Nacional - Foz do Aguapeí) na porção noroeste do estado de São Paulo, onde abrange os municípios de Paulicéia, Castilho e São João do Pau d'Alho. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MORAIS, D. H.; AGUIAR, A.; MUELLER, M. I.; NARCISO, R. B.; DA SILVA, L. A. F.; DA SILVA, R. J. Morphometric and phylogenetic analyses of Serpentirhabdias viperidicus n. sp (Nematoda: Rhabdiasidae) from the lancehead snake Bothrops moojeni Hoge, 1966 (Reptilia: Serpentes: Viperidae) in Brazil. JOURNAL OF HELMINTHOLOGY, v. 91, n. 3, p. 360-370, MAY 2017. Citações Web of Science: 5.
ANDRÉ BATISTA NOBILE; DIOGO FREITAS-SOUZA; FELIPE PONTIERI DE LIMA; ALINE ANGELINA ACOSTA; REINALDO JOSÉ DA SILVA. Partial albinism in Rhinelepis aspera from the Upper Paraná Basin, Brazil, with a review of albinism in South American freshwater fishes. Revista Mexicana de Biodiversidad, v. 87, n. 2, p. -, Jun. 2016.
LAF. SILVA; DH. MORAIS; A. AGUIAR; WO. ALMEIDA; RJ. SILVA. First record of Sebekia oxycephala (Pentastomida: Sebekidae) infecting Helicops infrataeniatus (Reptilia: Colubridae), São Paulo State, Brazil. Brazilian Journal of Biology, v. 75, n. 2, p. 497-498, Maio 2015.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.