Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de novos marcadores moleculares da retina angiogênica e desenho racional de novos agentes terapêuticos para doenças oculares com um componente vascular

Processo: 08/54806-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de junho de 2009 - 31 de maio de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Ricardo Jose Giordano
Beneficiário:Ricardo Jose Giordano
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/18681-1 - Caracterização de peptídeos que interagem com receptor tirosina quinase VEGFR-3, BP.IC
12/13967-4 - Reconhecimento molecular entre Trypanosoma cruzi e células endoteliais: estudos por phage display, BP.DD
10/17998-6 - Identificação de alvos vasculares capazes de transpor a barreira hematoencefálica e estudo da diversidade vascular cerebral, BP.IC
09/54844-0 - Identificação de marcadores moleculares da retina angiogênica, BP.PD
Assunto(s):Genética molecular  Marcador molecular  Retina 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Investindo...pesquisadores_74_93_94.pdf

Resumo

Apesar do ceticismo inicial e quase unânime da comunidade científica com a ideia apresentada por Judah Folkman, de que terapias antiangiogênicas se tornariam uma forma efetiva para o tratamento do câncer, hoje, este conceito é amplamente aceito e forma a base não apenas para a terapia de tumores, mas também, de número cada vez maior de doenças não neoplásicas, às quais Folkman cunhou o termo ‘doenças dependentes de angiogênese’. Atualmente, terapias antiangiogênicas dirigidas contra o fator molecular central deste processo, o VEGF, são úteis, mas não ideais, devido aos efeitos colaterais e sua eficácia relativa. Neste projeto, propomos desenvolver uma nova geração de agentes antiangiogênicos, utilizando metodologia que dominamos e que já rendeu agentes inibidores desse processo. Os objetivos do projeto são: 1) descobrir e desenvolver novos compostos peptidomiméticos, tendo como alvo VEGF e seus receptores; 2) descobrir novos alvos terapêuticos para doenças da retina com um componente angiogênico e 3) desenvolver novos agentes para o controle terapêutico de doenças da retina com um componente angiogênico. Estes novos agentes seriam seletivos para vasos patológicos, inibindo seu crescimento ou destruindo-os, sem afetar os vasos sanguíneos normais. Nosso objetivo maior é o de entender e inibir a angiogênese patológica utilizando modelos experimentais na retina de camundongos, com a expectativa de que esses resultados sejam extrapolados rapidamente para o tratamento de doenças que causam a cegueira em humanos. A relevância deste estudo, portanto, é a de buscar alternativas terapêuticas, seguras e eficazes, contra doenças que mais causam a perda de visão: a retinopatia da prematuridade, a degeneração macular relacionada à idade, e a retinopatia diabética. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Peptídeo apresenta potencial para tratar retinopatia e câncer 
Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Para desenredar a trama 
Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

SYNTHETIC PEPTIDES THAT BIND TO VEGF RECEPTORS AND USES THEREOF  PCT/BR2015/050152 - Universidade de São Paulo (USP) . Caio César Nogueira Cambui; Ricardo José Giordano; Jussara Michaloski Souza - 16 de setembro de 2015

PEPTÍDEOS SINTÉTICOS LIGANTES DE RECEPTORES DE VEGF E SEUS USOS BR1020140231447 - Universidade de São Paulo (USP) . Ricardo José Giordano; Jussara Michaloski Souza; Caio Cesar Nogueira Cambui - 18 de setembro de 2014