Busca avançada
Ano de início
Entree

Método de aumento da produtividade baseado na fixação do alelo G2 da região promotora do gen do hormônio de crescimento em bovinos de corte

Processo: 03/09023-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de abril de 2004 - 30 de setembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Sergio Ulhoa Dani
Beneficiário:Sergio Ulhoa Dani
Empresa:Genética Molecular Pesquisa e Desenvolvimento Ltda (GENON)
Município: Ribeirão Preto
Assunto(s):Melhoramento genético animal  Bovinos de corte 

Resumo

A Genon propõe um método de aumento de produtividade baseado na fixação do alelo G2 (ou alelo longo) da região promotora do gene do hormônio de crescimento bovino (bGH). A caracterização e quantificação do ganho decorrente da fixação do alelo G2 em rebanhos controlados de três raças zebuínas (Nelore, Gir e Guzerá) e uma raça taurina (Caracu) serão feitas através da genotipagem do DNA por reação em cadeia de polimerase (PCR), polimorfismo de tamanho de fragmentos de restrição (RFLP) e análise de variância. Estima-se que entre 5% e 20% dos animais do rebanho brasileiro sejam portadores do alelo G1, a forma curta do bGH. Uma vez consolidados resultados preliminares que indicam um efeito negativo desse alelo curto sobre características produtivas em rebanhos de corte e um efeito positivo do alelo longo sobre essas mesmas características, animais portadores do alelo G1 poderiam ser descartados preferencialmente, e animais portadores do alelo G2 poderiam ser reproduzidos preferencialmente, como parte de um programa de melhoramento genético para aumento da produtividade. Tomando-se como base resultados preliminares, calcula-se que a aplicação da técnica no rebanho nacional poderá representar um ganho anual da ordem de 150 mil toneladas de carne para o país, obtido simplesmente por meio do aumento da produtividade e competitividade na cadeia produtiva. Isso trará benefícios econômicos, ecológicos e sociais para todo um setor baseado no agronegócio da pecuária de corte. (AU)