Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da obesidade sobre a função, atividade eletromiográfica e volume da musculatura do assoalho pélvico de mulheres jovens nulíparas

Processo: 11/21409-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2012 - 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Patricia Driusso
Beneficiário:Patricia Driusso
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Saúde da mulher  Assoalho pélvico  Obesidade 

Resumo

Sabe-se que a obesidade está entre os principais fatores de risco para o desenvolvimento das disfunções do assoalho pélvico em mulheres. Inúmeros estudos populacionais relacionam a obesidade ao aumento da prevalência de incontinência urinária e prolapso de órgãos pélvicos. No entanto, o mecanismo exato responsável por essa associação é pouco esclarecido. Diante disso, este estudo tem como objetivo avaliar os efeitos do acúmulo de gordura corporal sobre a função, atividade eletromiográfica e volume da musculatura do assoalho pélvico feminino. Serão selecionadas 385 mulheres com idade entre 18 anos e 35 anos, sexual e fisicamente ativas, com Índice de Massa Corporal em valores indicativos de normalidade, sobrepeso e obesidade. Inicialmente, as voluntárias serão submetidas a avaliação da composição corporal total e do segmento tronco. Em seguida será avaliada a função da musculatura do assoalho pélvico pela palpação digital, a pressão de contração dessa musculatura pela perineometria, além da atividade eletromiográfica dos músculos do assoalho pélvico durante o repouso e a contração voluntária máxima. Após dois a quatro dias será realizada a ultrassonografia bidemensional dos músculos do assoalho pélvico pelo método transperineal para a medição do volume do músculo elevador do ânus. Testes estatísticos adequados serão aplicados para relacionar as variáveis força indireta, pressão, atividade eletromiográfica e volume dos músculos do assoalho pélvico com as variáveis porcentagem de massa gorda total e do segmento tórax. Diante do aumento do número de mulheres com sobrepeso e obesas, aa análise dos efeitos do acúmulo excessivo de gordura corporal sobre a musculatura do assoalho pélvico pode auxiliar na elaboração de estratégias preventivas precoces para as disfunções do assoalho pélvico, promovendo uma melhora da qualidade de vida das mulheres em todas as faixas etárias. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEREIRA, VANESSA S.; HIRAKAWA, HUMBERTO S.; OLIVEIRA, ANA B.; DRIUSSO, PATRICIA. Relationship among vaginal palpation, vaginal squeeze pressure, electromyographic and ultrasonographic variables of female pelvic floor muscles. BRAZILIAN JOURNAL OF PHYSICAL THERAPY, v. 18, n. 5, p. 428-434, SEP-OCT 2014. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.