Busca avançada
Ano de início
Entree

Metabolismo de aminoácidos limitantes em animais leiteiros em crescimento: avaliação de teores ótimos para maximização de desempenho e via de fornecimento

Processo: 11/21741-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2012 - 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Carla Maris Machado Bittar
Beneficiário:Carla Maris Machado Bittar
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Pesq. associados:Gerson Barreto Mourão
Assunto(s):Aleitamento animal  Aminoácidos  Lisina  Proteólise  Bezerros 

Resumo

O objetivo deste trabalho é avaliar a concentração de aminoácidos essenciais (Lisina e Metionina) considerada na literatura como ideal, de acordo com via de fornecimento (sucedâneo ou concentrado inicial), e sua associação com a suplementação de glutamato, para bezerros em dois sistemas de aleitamento: convencional ou programado. No Experimento 1 será realizado levantamento da composição em aminoácidos dos principais sucedâneos comercializados no Brasil. Nos experimentos 2 e 3 serão utilizados 45 bezerros da raça Holandês, em delineamento blocos casualizado distribuídos nos tratamentos: 1) Controle: sem suplementação; 2) Suplementação Lisina (17g/d) e Metionina (5,3 g/d) com correção feita com base na análise do sucedâneo, 3) Suplementação Lisina (17g/d) e Metionina (5,3 g/d), com correção feita com base na análise do concentrado inicial. A diferença entre os experimentos será o sistema de aleitamento ao qual os bezerros serão submetidos: no experimento 2 os animais receberão 4L/d; enquanto no experimento 3 os animais serão submetidos ao sistema de aleitamento programado (4L/d até a 2ª. semana; 8L/d da 3ª. a 6ª. semana; 4L/d da 6ª a 8ª. semana). No experimento 4 o mesmo delineamento será utilizado para avaliar, em sistema de aleitamento convencional, os tratamentos: 1) Controle: sem suplementação; 2) Sucedâneo lácteo com Lisina (17g/d) e Metionina (5,3 g/d) + 1% na MS de produto contendo 10% de glutamato e de glutamina; 3) Sucedâneo lácteo com Lisina (17g/d) e Metionina (5,3 g/d) + 0,6% na MS de produto contendo 10% de glutamato e de glutamina. Os animais serão alocados em abrigos individuais, com livre acesso a água e concentrado incial. Semanalmente, serão realizadas pesagens e medidas de crecimento corporal. Nas semanas 2, 4, 6, 8 e 10 de vida serão realizadas colheitas de sangue para determinação de metabólitos como marcadores do status protéico dos animais (albumina, proteína total, N-ureico), status energético (glicose, beta-hidroxibutirato e a-hidroxibutirato), crescimento ósseo (fosfatase alcalina) e crescimento muscular (creatinina); e coleta spot de urina para análise de creatinina e derivados de purina para estimar a produção de proteína microbiana. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA, JACKELINE THAIS; MANZONI, THAIS; ROCHA, NATHALIA BRITO; SANTOS, GLAUBER; MIQUEO, EVANGELINA; SLANZON, GIOVANA SIMAO; MACHADO BITTAR, CARLA MARIS. Evaluation of milk replacer supplemented with lysine and methionine in combination with glutamate and glutamine in dairy calves. JOURNAL OF APPLIED ANIMAL RESEARCH, v. 46, n. 1, p. 960-966, FEB 8 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.