Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação molecular e microscópica do efeito do ácido zoledrônico sobre o reparo ósseo de alvéolos dentários e defeitos ósseos criados em fêmures de ratos Wistar

Processo: 11/22220-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2012 - 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Paulo Sérgio da Silva Santos
Beneficiário:Paulo Sérgio da Silva Santos
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Pesq. associados:Carlos Ferreira dos Santos ; Gustavo Pompermaier Garlet ; Izabel Regina Fischer Rubira Bullen
Assunto(s):Defeitos ósseos  Osteonecrose  Fêmur  Remodelação óssea  Difosfonatos  Ácido zoledrônico 

Resumo

Os bisfosfonatos compõem uma classe de compostos sintéticos estáveis que apresentam uma potente inibição da reabsorção óssea e possuem uma alta afinidade pela hidroxiapatita do tecido ósseo, sendo considerados as drogas de escolha para o tratamento de desordens osteoliticas, como mieloma múltiplo e metástases ósseas de tumores malignos de mama e de próstata. Porém o uso prolongado destas drogas pode induzir ao aparecimento da osteonecrose dos maxilares que é definida como uma exposição de tecido ósseo por mais de 8 semanas em pacientes que fizeram ou estão em terapia com bisfosfonatos e que não foram irradiados na região da cabeça e pescoço. Por ser uma enfermidade recentemente descrita na literatura, pouco se sabe sobre sua real patogênese. Em vista destes fatos o objetivo do presente trabalho é avaliar os mecanismos celulares e moleculares envolvidos no desenvolvimento da osteonecrose dos maxilares induzida por bisfosfonatos. Para isto serão realizadas análises qualitativas e quantitativas (histomorfometria) do processo de reparo ósseo através da análise por microscópia óptica de cortes corados com H.E., imunohistoquímica para TRAP (Tartrate-Resistant Acid Phosphatase) e teste do TUNEL (terminal-deoxynucleotidyl transferase-mediated dUTP nick end labeling). Também será realizada a análise quantitativa da expressão do mRNA de proteínas envolvidas no processo de reparo ósseo correlacionadas aos osteoclastos (RANK, RANKL, OPG e TNF-±), osteoblastos (OCN, ALP), osteócitos (PHEX e DMP-1) e a angiogênese (VEGF), pelo método de reação em cadeia da polimerase em tempo real (RealTimePCR). Estas análises serão utilizadas para avaliar as possíveis alterações celulares e moleculares no processo de reparo ósseo de alvéolos pós-extração e defeitos ósseos criados nas epífises de fêmures de ratos (Rattus norvegicus, albinus, Wistar) em terapia com 0,6 mg/kg de ácido zoledrônico, como descrito por Maahs et al. (2011) em seu modelo animal. Através destas análises poderá ser avaliada qual a influência do ácido zoledrônico sobre os mecanismos moleculares e celulares do reparo ósseo, ajudando a compreender melhor o desenvolvimento da osteonecrose induzida por bisfosfonatos. Também poderá ser estudada a razão pela qual estas lesões ósseas afetam quase que exclusivamente os maxilares. A melhor compreensão do mecanismo de desenvolvimento destas lesões através dos resultados encontrados neste trabalho irá auxiliar nas formas de manejo dos pacientes em terapia com bisfosfonatos. Assim como nortear a escolha e/ou desenvolvimento de formas de tratamentos para estas lesões, já que estas se mostram refratárias aos tratamentos realizados nos dias de hoje, necessitando de uma terapia efetiva contra esta condição. (AU)