Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise funcional de genes associados à resposta à seca em cana-de-açúcar

Processo: 11/23264-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOEN - Regular
Vigência: 01 de março de 2012 - 31 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Vegetal
Pesquisador responsável:Marcelo Menossi Teixeira
Beneficiário:Marcelo Menossi Teixeira
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/11014-2 - Análise funcional de genes associados à resposta à seca em cana-de-açúcar, BP.TT
12/07381-7 - Análises moleculares para produção de plantas transgênicas de Arabidopsis thaliana em larga escala, BP.TT
Assunto(s):Cana-de-açúcar  Genomas  Expressão gênica  Biotecnologia 

Resumo

A expansão da cultura da cana passa necessariamente pela exploração em regiões nas quais o déficit hídrico é um sério impedimento para as plantas, como o cerrado na região Centro Oeste. Mesmo no Estado de São Paulo são comuns períodos de seca que reduzem a produtividade. Estudos de análise de expressão gênica mostram que centenas de genes são diferencialmente expressos em resposta à seca em cana. A caracterização funcional desses genes é essencial para identificar quais genes têm um papel relevante. O objetivo desta proposta é avaliar o papel de 174 genes de cana cuja expressão está relacionada à resposta à seca em cana. Para tal propomos implementar uma plataforma de genômica funcional empregando Arabidopsis thaliana como planta modelo. As regiões codificantes completas dos 174 genes de cana serão amplificadas e clonadas em vetores de para superexpressão utilizando a tecnologia Gateway. Plantas de Arabidopsis serão transformadas com Agrobacterium tumefaciens e os transformantes T1 serão selecionados pela tolerância ao herbicida BASTA. Sementes T2 serão usadas em ensaios de tolerância à seca. As plantas dos eventos que apresentarem tolerância terão o T-DNA amplificado para sequenciamento e identificação do transgene. Estudos posteriores permitirão avaliar os impactos do transgene em diversos aspectos da fisiologia da planta. Este estudo tem o potencial para produção de diversos pedidos de patentes e para o avanço do conhecimento sobre os genes que estão envolvidos com a tolerância à seca em cana. A plataforma de análise que será implementada poderá ser aplicada para outros problemas biológicos, ampliando o alcance desta proposta. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Genes que tornam a cana mais resistente à seca são identificados