Busca avançada
Ano de início
Entree

Entendendo e explorando a correlação energia/desempenho em algoritmos concorrentes

Processo: 11/19373-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de abril de 2012 - 31 de março de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Pesquisador responsável:Alexandro José Baldassin
Beneficiário:Alexandro José Baldassin
Instituição-sede: Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Pesq. associados:Guido Costa Souza de Araújo ; Rodolfo Jardim de Azevedo
Auxílios(s) vinculado(s):18/15519-5 - Otimizações de desempenho para arquiteturas multicore, AP.JP2
Bolsa(s) vinculada(s):15/09620-7 - Apoio às atividades de pesquisa e manutenção da infraestrutura de rede (Bolsa TT-3), BP.TT
14/00534-8 - Utilizando o suporte transacional em hardware para aceleração de sistemas de memória transacional em software, BP.MS
13/15890-1 - Desenvolvimento de um modelo comportamental para a arquitetura AVR32 usando a linguagem ArchC, BP.IC
+ mais bolsas vinculadas 13/03053-8 - Estudo dos registradores específicos de modelo para medição do consumo de energia em algoritmos concorrentes, BP.IC
12/12486-2 - Otimizando a alocação de memória dinâmica em sistemas de memória transacional em software, BP.IC
12/04729-2 - Infraestrutura de simulação para caracterização do consumo de energia em sistemas de memória transacional e suas políticas de gerenciamento de contenção, BP.IC - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Algoritmos  Consumo de energia elétrica  Memória transacional 

Resumo

Limitações microarquiteturais e a alta dissipação de energia fizeram com que a indústria de semicondutores direcionasse seus projetos para o desenvolvimento de processadores com múltiplos núcleos de execução. Essa nova abordagem permite o uso efetivo dos transistores previstos pela lei de Moore, mas agora não vemos mais o aumento da frequência de operação dos processadores, e sim do número de núcleos disponíveis. Como consequência, o desenvolvimento de software tem migrado do modelo sequencial para o modelo concorrente. Infelizmente não existe ainda um consenso sobre qual a melhor forma de explorar o paralelismo nas máquinas atuais, o que tem causado uma proliferação da pesquisa sobre o tema tanto na indústria como na academia. Novos modelos de programação e propostas de algoritmos concorrentes geralmente vêm acompanhado de uma análise que leva em conta essencialmente o desempenho. É sabido, no entanto, que o impacto causado pelo consumo de energia é igualmente importante, especialmente quando dispositivos móveis são o domínio de aplicação. Visando abordar um problema ainda pouco explorado na literatura atual, este projeto de pesquisa pretende estudar a correlação entre o consumo de energia e o desempenho em algoritmos concorrentes. Com base nesse estudo também pretendemos propor mudanças nos algoritmos, usando técnicas como as baseadas em DVFS (Dynamic Voltage and Frequency Scaling), de forma a otimizar o ganho conjunto de desempenho e consumo de energia. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BALDASSIN, ALEXANDRO; BORIN, EDSON; ARAUJO, GUIDO. Performance Implications of Dynamic Memory Allocators on Transactional Memory Systems. ACM SIGPLAN NOTICES, v. 50, n. 8, p. 87-96, AUG 2015. Citações Web of Science: 3.
NICACIO, DANIEL; BALDASSIN, ALEXANDRO; ARAUJO, GUIDO. Transaction Scheduling Using Dynamic Conflict Avoidance. INTERNATIONAL JOURNAL OF PARALLEL PROGRAMMING, v. 41, n. 1, p. 89-110, FEB 2013. Citações Web of Science: 5.
BALDASSIN, ALEXANDRO; GOLDSTEIN, FELIPE; AZEVEDO, RODOLFO. A transactional runtime system for the Cell/BE architecture. JOURNAL OF PARALLEL AND DISTRIBUTED COMPUTING, v. 72, n. 12, p. 1535-1546, DEC 2012. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.