Busca avançada
Ano de início
Entree

Condição bucal como preditora de mudanças na saúde geral de idosos independentes e seus fatores de risco: estudo de coorte de base populacional

Processo: 11/22541-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2012 - 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontologia Social e Preventiva
Pesquisador responsável:Maria da Luz Rosario de Sousa
Beneficiário:Maria da Luz Rosario de Sousa
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Pesq. associados: Fernando Neves Hugo
Assunto(s):Odontologia geriátrica  Perda de dente  Estado nutricional  Índice de massa corporal 

Resumo

As alterações decorrentes de problemas dentários e do uso de prótese podem trazer desconforto e incapacidade contribuindo para significativas mudanças na seleção do alimento a ser consumido pelos idosos. Tal escolha muitas vezes acarreta a exclusão de certos alimentos, geralmente os de alto valor nutricional, e, em alguns casos, a substituição destes por outros de alto valor calórico e de fácil mastigação, levando os indivíduos a perda ou ganho de peso, resultando em alterações no estado nutricional. O consumo deficiente de certos nutrientes e vitaminas também pode ser fator determinante na trajetória rumo à fragilidade, condição emergente entre os idosos. Assim, a saúde bucal parece estar relacionada com a qualidade de vida dos idosos, estando ligada tanto aos aspectos sociais quanto aos funcionais. O objetivo deste estudo é verificar os determinantes de agravos à saúde bucal e a condição bucal como preditora da saúde geral em uma coorte de idosos independentes residentes em Carlos Barbosa, RS. A amostra deste estudo será composta por aqueles indivíduos participantes do primeiro estudo sobre a população de idosos de Carlos Barbosa realizado em 2004, sendo contatados por carta ou telefone e convidados a participar da pesquisa junto aos Encontros dos Grupos de Convivência para Terceira Idade de Carlos Barbosa, RS. As medidas utilizadas serão um questionário com informações sócio-demográficas, comportamentais, de acesso aos serviços, de história médica, depressão, atividade física, exame bucal, antropométrico, resiliência, impacto na qualidade de vida e fragilidade. Associações com o desfecho serão realizadas por meio de regressão multivariada, ajustando para variáveis de confundimento. Todas as análises serão realizadas com o programa PASW (SPSS inc., Chicago, EUA). (AU)