Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de tecnologia nacional de baixo custo para obtenção enzimática de biodiesel: produção, caracterização e aplicação de lipases fúngicas

Processo: 11/19279-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2012 - 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Pesquisador responsável:Luciana Francisco Fleuri
Beneficiário:Luciana Francisco Fleuri
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/09383-7 - Caracterização bioquímica de lipases fúngicas e aplicação em reações de hidrólise e síntese visando a obtenção de biodiesel, BP.TT
Assunto(s):Catálise  Biocombustíveis  Biodiesel 

Resumo

O biodiesel é uma fonte de energia renovável e representa uma alternativa às fontes de energia provenientes do petróleo, gás natural e carvão. A produção de biocombustíveis e posteriormente o consumo desses produtos podem diminuir a dependência ao petróleo, contribuir para a redução da poluição atmosférica e gerar empregos no setor primário. A produção industrial do biodiesel, atualmente, dá-se pela metanólise do óleo utilizando álcalis como catalizadores utilizando altas temperaturas por longos períodos, implicando em grandes gastos de energia e gerando problemas relacionados à recuperação do glicerol. O processo de produção do biodiesel por meio de catálise enzimática é específico e controlado, permitindo a síntese de produtos específicos. Neste processo a recuperação do glicerol é facilitada e pode ser realizada a baixas condições de temperatura e pressão durante períodos curtos de tempo. As lipases, devido à sua versatilidade, podem ser aplicadas em reações de hidrólise seguida de esterificação e em reações de alcoólise para a produção de biodiesel. O presente estudo foca a produção de biocatalizadores de baixo custo para a aplicação na obtenção de biodiesel. Esta proposta engloba o estudo da produção de dez lipases fúngicas através de fermentação em estado sólido utilizando como substrato farelo de trigo, farelo de soja e bagaço de cana de açúcar; concentração das lipases com sulfato de amônio, etanol e acetona; caracterização bioquímica das enzimas mais promissoras quanto ao pH e temperaturas ótimas e de estabilidade e quanto à especificidade das lipases sobre ácidos graxos de cadeia carbônica com diferentes tamanhos. As lipases home-made e as preparações comerciais de lipase (Lipozyme TL IM e Novozym 435) serão aplicadas em reações de hidrólise e síntese (esterificação e alcoólise). (AU)