Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do Symphytum officinale L. homeopático e fitoterápico na regeneração óssea em ratos: análises de microtomografia, osteocalcina, TRAP, PCNA histomorfometria e microscopia

Processo: 11/21733-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2012 - 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Adriana Aigotti Haberbeck Brandão
Beneficiário:Adriana Aigotti Haberbeck Brandão
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Homeopatia  Confrei  Cicatrização  Regeneração óssea  Osteoblastos  Osteoclastos 

Resumo

O Symphytum officinale L. (confrei) é uma planta usada há mais de 2000 anos como tratamento auxiliar na cicatrização e na consolidação de fraturas. É usado popularmente como planta medicinal e como medicamento fitoterápico ou homeopático. No entanto, foram relatados casos de intoxicação hepática após o consumo de grande quantidade de confrei, que foram associadas aos alcalóides pirrolizidínicos presentes na planta. Tais fatos levaram à proibição do uso interno da planta. Apesar disso, o confrei tem efeitos terapêuticos conhecidos na cicatrização, na reparação óssea e como analgésico e anti-inflamatório em lesões ósseas e articulares e, ainda é liberado para uso externo. Considerando-se a formulação homeopática do confrei não há relato de efeitos adversos ou de toxicidade hepática e são poucos os relatos sobre os seus efeitos na regeneração óssea. Assim, o objetivo deste projeto é avaliar os efeitos do Symphytum officinale L. homeopático na regeneração óssea em comparação ao Symphytum officinale L. fitoterápico. Para isto, em 90 ratos albinos Wistar adultos saudáveis será realizado na tíbia um defeito de 2,5mm. Logo após os animais serão divididos em três grupos e iniciados os tratamentos: Homeopático (H) - Symphytum officinale L. 6CH 2glóbulos/1ml/dia, Fitoterápico (F) - Symphytum officinale L. 500mg/Kg/dia e Controle (C) - placebo 1ml/dia. Os tratamentos serão administrados por gavagem oral até o dia dos sacrifícios, que serão realizados nos períodos de 3, 7, 14, 21, e 30 dias. A regeneração óssea será avaliada por meio de microtomografia computadorizada (micro TC) e de análises microscópica e histomorfométrica de osteoblastos e osteoclastos identificados através de imunoistoquímica (Osteocalcina, PCNA) e enzimohistoquímica (TRAP). Os dados serão analisados pelos testes estatísticos de ANOVA e Tukey (5%). (AU)