Busca avançada
Ano de início
Entree

TDEM survey in an area of seismicity induced by water wells in Paraná Sedimentary Basin, northern São Paulo State, Brazil

Processo: 12/02709-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de abril de 2012 - 30 de setembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geofísica
Pesquisador responsável:Jorge Luís Porsani
Beneficiário:Jorge Luís Porsani
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

Este artigo apresenta os resultados TDEM de uma área com recente sismicidade induzida rasa. O objetivo foi fazer um mapeamento geoelétrico de aquiferos sedimentares e basálticos fraturado para melhor compreensão da configuração hidrogeológica. A área de estudo está na bacia do Paraná, onde basaltos são recobertos por unidades sedimentares perto da cidade de Bebedouro, norte de São Paulo São Paulo, Brasil. 86 sondagens TDEM foram adquiridas em uma área de 90 km2 nas áreas de estudos de Andes e de Botafogo. As sondagens foram escolhidas próximos aos poços para a calibração, e também ao longo perfis que cruzava as áreas sismicamente ativas. Resultados 1D mostraram a interpretação geral da estratigrafia geoelétrica desta parte da bacia do Paraná. A camada geoelétrica superior é o aquífero superficial sedimentar (formação Adamantina) com menos de 80 m de espessura. A segunda camada geoelétrica contém os basaltos superiores da Formação Serra Geral com cerca de 60-80 m de profundidade. A zona saturada no basalto fraturado entre 100 e 300 m de profundidade foi identificada em várias sondagens TDEM. Este intervalo de profundidade corresponde à faixa de profundidades hypocentral para mais de 3000 micro-terremotos nesta área. A camada basáltica foi estimada entre 400 e 650 m de profundidade. A camada geoelétrica mais profunda foi detectada por várias sondagens TDEM corresponde ao arenito Botucatu (aqüífero Guarani). Os resultados sugerem que os poços com alta vazão estão localizados na zona de fraturas no meio do basalto da formação Serra Geral. Há uma boa correlação entre atividade sísmica com áreas de alta vazão dos poços (> 190 m3/h), e zonas de fratura no meio de basalto. Os resultados reforçam a hipótese de que a actividade sísmica rasa na região Bebedouro está sendo desencadeada por altas taxas de retirada de águas subterrâneas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PORSANI, JORGE LUIS; ALMEIDA, EMERSON RODRIGO; BORTOLOZO, CASSIANO ANTONIO; MONTEIRO DOS SANTOS, FERNANDO ACACIO. TDEM survey in an area of seismicity induced by water wells in Parana sedimentary basin, Northern Sao Paulo State, Brazil. JOURNAL OF APPLIED GEOPHYSICS, v. 82, p. 75-83, JUL 2012. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.