Busca avançada
Ano de início
Entree

Solos do Pantanal da Nhecolândia: caracterização, gênese e mineralogia

Processo: 11/22491-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de maio de 2012 - 30 de abril de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:Sheila Aparecida Correia Furquim
Beneficiário:Sheila Aparecida Correia Furquim
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Pesq. associados:Antonio Carlos de Azevedo ; Mirian Chieko Shinzato
Bolsa(s) vinculada(s):14/06899-8 - Caracterização de argilominerais de solos associados às baías, Pantanal da Nhecolândia, BP.IC
13/21591-7 - Análise de parâmetros morfológicos, físicos e químicos de solos das baías, Pantanal da Nhecolândia., BP.IC
Assunto(s):Solos  Relevo  Pantanal 

Resumo

Uma característica de destaque da Nhecolândia, uma sub-região do Pantanal Sul-Mato-Grossense, é a presença de cerca de 7000 lagoas de água doce (baías), situadas no interior de cursos d'água intermitentes (vazantes), e de 1500 lagoas salgadas (salinas), situadas no interior das áreas mais elevadas da paisagem (cordilheiras). A alta variabilidade geoquímica das águas superficiais e subsuperficiais associadas a estes elementos geomorfológicos sugere a ocorrência de solos com grandes diferenças químicas, físicas e/ou mineralógicas na região. Os poucos dados disponíveis na literatura, em maioria baseados em informações de campo, já apontam a ocorrência de diferentes classes de solos, mas também mostram claras semelhanças entre os solos halomórficos das lagoas salinas e os encontrados nas cordilheiras, baías e vazantes. Neste projeto, pretende-se realizar uma caracterização detalhada dos solos da Nhecolândia, a fim de identificar os principais processos pedogenéticos responsáveis pela sua gênese e dinâmica atual. Os dados pedológicos até então disponíveis, juntamente com análises geomorfológicas da região, permitem partir da hipótese de que pelo menos parte dos solos das cordilheiras, baías e vazantes é originada a partir da destruição dos solos halomórficos típicos das salinas, devido a transformação destas lagoas em baías/vazantes. Para atingir os objetivos propostos, serão realizados levantamentos e coletas de solos em topossequências, sendo as amostras submetidas a análises físicas, químicas (de rotina e totais), micromorfológicas, mineralógicas (Difração de Raios X, Microscopia Eletrônica de Transmissão, Microscopia de Força Atômica, Espectroscopia Mossbauer e Experimentos de Síntese) e extrações sequenciais. Amostras de água passarão por análises químicas, a fim de identificar precisamente as relações genéticas com os solos estudados. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PUGLIESE ANDRADE, GABRIEL RAMATIS; CORREIA FURQUIM, SHEILA APARECIDA; VIDOCA DO NASCIMENTO, THIAGO TAVARES; BRITO, ALEX CORDEIRO; CAMARGO, GABRIELA RIBEIRO; DE SOUZA, GIOVANNA CRISTINA. Transformation of clay minerals in salt-affected soils, Pantanal wetland, Brazil. Geoderma, v. 371, JUL 15 2020. Citações Web of Science: 0.
FREITAS, J. G.; FURQUIM, S. A. C.; ARAVENA, R.; CARDOSO, E. L. Interaction between lakes' surface water and groundwater in the Pantanal wetland, Brazil. ENVIRONMENTAL EARTH SCIENCES, v. 78, n. 5 MAR 2019. Citações Web of Science: 2.
CORREIA FURQUIM, SHEILA APARECIDA; SANTOS, MARJORY ARAUJO; VIDOCA, THIAGO TAVARES; BALBINO, MARCELO DE ALMEIDA; CARDOSO, EVALDO LUIS. Salt-affected soils evolution and fluvial dynamics in the Pantanal wetland, Brazil. Geoderma, v. 286, p. 139-152, JAN 15 2017. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.