Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da nicotina na osseointegração de implantes instalados em tíbia de ratos: avaliação biomecânica, histológica, histométrica e imunoistoquímica

Processo: 12/00127-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2012 - 30 de setembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Álvaro Francisco Bosco
Beneficiário:Álvaro Francisco Bosco
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Próteses e implantes  Regeneração óssea  Ósseointegração  Hábito de fumar  Nicotina  Imuno-histoquímica  Tibia  Ratos 

Resumo

O tabagismo é um importante fator de risco na ocorrência de diferentes patologias degenerativas. A literatura relata que pacientes fumantes estão mais sujeitos a fraturas e alterações na regeneração óssea, porém, é falha ao documentar o comportamento de implantes nestes casos. Assim, o presente estudo tem por objetivo avaliar do ponto de vista biomecânico, histológico, histométrico e imunoistoquímico a influência do laser de baixa intensidade na osseointegração de implantes instalados em tíbias de ratos modificados sistemicamente pela nicotina. Para isso, serão utilizados 120 ratos machos, divididos em 4 grupos experimentais de 30 animais cada: Grupo I: grupo sham ou controle, preparo do alvéolo cirúrgico para instalação do implante sem nenhum tratamento local previamente à sua instalação; Grupo II: grupo sham + Laser , preparo do alvéolo cirúrgico para instalação do implante e aplicação do laser em baixa intensidade previamente à sua instalação; Grupo III: grupo nicotina, preparo do alvéolo cirúrgico para instalação do implante sem nenhum tratamento local previamente à sua instalação; Grupo IV: Nicotina + Laser, preparo do alvéolo cirúrgico para instalação do implante e aplicação do laser em baixa intensidade previamente à sua instalação. Em todos os grupos serão instalados implantes de 2.2 mm x 4 mm em ambas as tíbia. Os animais dos grupos III e IV receberão injeções subcutâneas de nicotina (3mg/kg) duas vezes ao dia, iniciando 30 dias antes da instalação dos implantes, permanecendo até o final do experimento de acordo com os períodos de eutanásia. Os animais dos grupos I e II receberão aplicações de solução de soro fisiológico para serem submetidos às mesmas condições de estresse. Os alvéolos cirúrgicos serão preparados com uma fresa de 2 mm montada em contra-ângulo 20:1 e motor para implante com torque de 45 N e velocidade de 1490 rpm. O laser utilizado será o Thera Lase (InGaAlP 660 nm) no modo contínuo e em contato com a área, com potência de 30 mW, energia de 0,14 J e densidade energética de 4,9 J/cm2. Dez animais de cada grupo experimental serão eutanasiados nos períodos de 15, 30 e 60 dias após a instalação dos implantes. Para avaliação dos resultados será realizada análise do torque reverso nos espécimes que serão avaliados histologicamente em cortes descalcificados, os quais serão semi-seriados com espessura de 4 µm. Os espécimes não descalcificados serão utilizados para análise histométrica. Os eventos histopatológicos serão descritos e os valores dos dados obtidos pela análise do torque reverso, histométricos e imunoistoquímico serão avaliados estatisticamente (p<0.05). (AU)