Busca avançada
Ano de início
Entree

Anisotropias magnéticas aplicadas na correção do pólo(s) paleomagnético(s) do grupo itarare,bacia do parana:implicacoes paleogeográficas

Processo: 11/51228-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2012 - 31 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Maria Irene Bartolomeu Raposo
Beneficiário:Maria Irene Bartolomeu Raposo
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/15283-8 - Introdução aos estudos magnéticos em materiais geológicos com ênfase nas rochas sedimentares, BP.TT
13/15454-7 - Introdução aos estudos magnéticos em materiais geológicos com ênfase nas rochas sedimentares, BP.TT
Assunto(s):Paleomagnetismo 

Resumo

Esta pesquisa visa aplicar as tecnicas de anisotropias magnéticas na correção do(s) pólo(s) paleomagnético(s) das rochas sedimentares do Grupe Itararé aflorante na Bacia do Paraná. O principal objetivo e determinar um pólo paleomagnético e corrigi-lo para o efeito da baixa inclinação registrada erroneamente pelas rochas sedimentares do campo geomagnético, conhecida como "inclination shallowing correction". Esta correção será feita empregando as anisotropias de remanência magnética, tanto a anisotropia da magnetização remanente anisterética como a anisotropia da magnetização remanente isotermal. Para tanto, serão determinadas (i) a magnetização remanente característica das rochas visando o calculo do pólo paleomagnéticos; (ii) a anisotropia de suscetibilidade magnética para definir a trama magnética das rochas e associá-la direção da paleo-corrente; (iii) as anisotropias de remanênica anisterética e isotermal e (iv) efetuar um estudo detalhado de magnetismo de rocha como intuito de caracterizar o(s) mineral(is) responsáveis pelas direções paleomagnéticas e pelas anisotropias da magnetização remanente. As anisotropias magnéticas, além de serem usadas para a correção do pólo, permitirão inferir se as rochas em estudo estão ou não deformadas. O pólo paleomagnético corrigido obtido nesta pesquisa será com para do com os poucos pólos de mesma idade existentes na América do Sul visando uma melhor definição da trajetória da curva de deriva polar do Gondwana para o período Permo-Carbonifero. Este dado também será comparado aos pólos de mesma idade determinados para América do Norte com vista na reconstrução do Super-Continente Pangea. Esta pesquisa esta vinculada a proposta do Pós-Doutorado do Dr. Daria Bilardello e, se ambas forem aprovadas, será a primeira vez que um estudo dessa natureza e realizado no Brasil. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BILARDELLO, DARIO; CALLEBERT, WILLIAM C.; DAVIS, JOSHUA R. Evidence for Widespread Remagnetizations in South America, Case Study of the Itarare Group Rocks From the State of Sao Paulo, Brazil. Frontiers in Earth Science, v. 6, NOV 1 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.