Busca avançada
Ano de início
Entree

Reparo da cartilagem articular com esponja de colágeno Tipo II e células mesenquimais do tecido adiposo: estudo experimental em ovinos

Processo: 11/17596-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2012 - 30 de junho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Joao Batista de Miranda
Beneficiário:Joao Batista de Miranda
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Cirurgia ortopédica  Joelho  Cartilagem hialina  Terapia baseada em transplante de células e tecidos  Células-tronco mesenquimais  Colágeno tipo II 

Resumo

A função da cartilagem hialina na articulação sinovial é absorver e distribuir as forças de compressão e cisalhamento transmitidas pelas extremidades dos ossos que se articulam. Por ser um tecido sem vasos sanguíneos, tem baixa capacidade de regeneração. Diversas circunstâncias podem causar lesões da cartilagem, podendo evoluir com dor crônica, limitação da função e progressão para osteoartrite. Os métodos atuais para tratamento das lesões condrais apresentam importantes limitações e resultados insatisfatórios. O desenvolvimento de técnicas de cultura celular e de matrizes esponjosas capazes de dar suporte a estas células tem se tornado uma abordagem promissora. O objetivo deste projeto é avaliar a capacidade de células mesenquimais derivadas de tecido adiposo humano, cultivadas em uma matriz sólida porosa tridimensional feita de colágeno tipo II, de produzir cartilagem hialina em um modelo consagrado de lesão condral em animal de grande porte. O mesmo método já foi empregado com sucesso pelo mesmo grupo em animais pequenos (coelhos). Serão utilizadas 15 ovelhas. Em cada joelho será feito um defeito de sete milímetros de diâmetro na zona de carga do côndilo medial do fêmur, totalizando 30 defeitos. Serão formados três grupos: os resultados obtidos no grupo 1 (implante de colágeno tipo II preenchido com células mesenquimais de gordura humana), serão comparados com o grupo 2 (implantes de colágeno tipo II sem células) e com o grupo 3 (defeitos deixados vazios). Os animais serão sacrificados após seis meses da cirurgia seguindo protocolos éticos previamente autorizados pelo Comitê de Ética no Uso de Animais (CEUA). Cortes histológicos serão obtidos para realização do índice ICRS 2, do índice de O'Driscoll e para avaliação da estrutura tridimensional da matriz extra-celular em microscopia de luz polarizada. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZORZI, ALESSANDRO R.; AMSTALDEN, ELIANE M. I.; PLEPIS, ANA MARIA G.; MARTINS, VIRGINIA C. A.; FERRETTI, MARIO; ANTONIOLI, ELIANE; DUARTE, ADRIANA S. S.; LUZO, ANGELA C. M.; MIRANDA, JOAO B. Effect of Human Adipose Tissue Mesenchymal Stem Cells on the Regeneration of Ovine Articular Cartilage. INTERNATIONAL JOURNAL OF MOLECULAR SCIENCES, v. 16, n. 11, p. 26813-26831, NOV 2015. Citações Web of Science: 5.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.