Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da influência do exercício físico na atividade locomotora e na pressão arterial em um modelo animal de hipertensão

Processo: 11/21729-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2012 - 30 de abril de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Andrea Maculano Esteves
Beneficiário:Andrea Maculano Esteves
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Limeira , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/12761-6 - Avaliação da influência do exercício físico na atividade locomotora e na pressão arterial em um modelo animal de hipertensão, BP.TT
12/08578-9 - Avaliação da influência do exercício físico na atividade locomotora e na pressão arterial em um modelo animal de hipertensão, BP.TT
Assunto(s):Exercício físico  Síndrome das pernas inquietas  Hipertensão  Pressão sanguínea  Atividade motora 

Resumo

A Síndrome das Pernas Inquietas (SPI) é uma patologia multifatorial, onde cerca de 1/3 de seus casos é secundário a outras condições, tal como a hipertensão. A linhagem de ratos SHR tem sido amplamente utilizada para estudar as caracteristicas de doenças hipertensivas, e é o modelo que apresenta respostas mais semelhantes às do homem com hipertensão essencial. Dentre os tratamentos não farmacológicos, a prática de exercício fisico vem sendo utilizada na redução dos sintomas da SPI em humanos e também diminui consideravelmente a pressão arterial tanto em humanos quanto em animais. A presença da SPI já foi demostrada em ratos SHR, no entanto a relação entre hipertensão, exercício físico e a SPI ainda não foi analisada em modelos animais. Neste contexto, avaliar a relação do exercício físico e do tratamento farmacológico na redução da PA em animais com SPI se torna imprenscindível, na tentativa de verificar se a melhora dos sintomas da SPI (que no modelo animal se avalia pela redução da atividade locomotora) pelo exercicio físico está relacionada a redução da PA pelo tratamento farmacológico ou pelos efeitos benéficos da prática do EF. Assim, o objetivo principal do presente estudo é avaliar a influência do exercício físico na pressão arterial e na atividade locomotora de ratos hipertensos. Além disso, também serão avaliados os efeitos do tratamento farmacológico da PA na atividade locomotora. Para a realização deste estudo serão utilizados ratos machos SHR e Wistar com 60 dias de idade. Os animais serão distribuídos em 4 grupos: controle (CTRL), exercício físico (EF), tratamento (TTO) e exercício físico + tratamento (EF + TTO), visto que cada grupo terá subgrupos de ratos SHR e Wistar. O grupo EF realizará o teste basal da atividade locomotora, através da caixa de atividade, aos 60 dias e logo a seguir será iniciado o protocolo de treinamento físico (que permanecerá por 8 semanas). Já os grupos TTO e CTRL realizarão o teste basal de atividade locomotora aos 60 dias e logo após será iniciado o tratamento farmacológico do grupo TTO, com enalapril (25mg/kg/dia), durante 8 semanas. A avaliação da PA e da atividade locomotora será realizada semanalmente durante todo o procedimento experimental. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FRANK, MIRIAM KANNEBLEY; DE MELLO, MARCO TULIO; LEE, KIL SUN; DAUBIAN-NOSE, PAULO; TUFIK, SERGIO; ESTEVES, ANDREA MACULANO. Sleep-related movement disorder symptoms in SHR are attenuated by physical exercise and an angiotensin-converting enzyme inhibitor. Physiology & Behavior, v. 154, p. 161-168, FEB 1 2016. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.