Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do nível de atividade física em sobreviventes de câncer pediátrico

Processo: 11/24158-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2012 - 30 de abril de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Andréa Yamaguchi Kurashima
Beneficiário:Andréa Yamaguchi Kurashima
Instituição-sede: A C Camargo Cancer Center. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Aline Chrispan ; Erika Maria Monteiro Santos
Assunto(s):Oncologia  Neoplasias  Crianças  Terapêutica  Atividade física  Sobrevida 

Resumo

O câncer infantil é a 2ª maior causa de morte entre crianças nos Estados Unidos. No Brasil, são 9.890 casos novos de câncer somente nos anos de 2008 e 2009. O aumento de sobreviventes do câncer infantil alteraram o paradigma do cuidado em relação a cura para a ênfase no tratamento a longo prazo relacionado com a morbidade e a qualidade de vida. Ainda que a adoção de atividade física seja comprovadamente essencial para a modificação ou prevenção das complicações recorrentes do tratamento contra o câncer a porcentagem de sedentários é alta. Questões como a motivação e a aderência devem ser consideradas em programas de promoção de saúde. Para tanto, teorias em mudanças de comportamentos de saúde podem explicar meios de como os comportamentos, como a atividade física, podem ser influenciados e assim, propor orientações e intervenções adequadas para mudanças de comportamentos. Objetivos: Avaliar o nível de atividade física dos sobreviventes de câncer infantil acompanhados pelo Grupo de Estudos Pediátricos dos Efeitos Tardios do Tratamento Oncológico (GEPETTO) e verificar a associação entre os construtos da teoria do comportamento planejado e a adoção da atividade física após intervenções educacionais. Causística e métodos: Trata-se de um estudo prospectivo com corte longitudinal, realizado com uma amostra de conveniência. A população do estudo incluirá os pacientes sobreviventes de câncer infantil, acompanhados no Núcleo de Pediatria do Hospital A. C. Camargo-SP. A avaliação constará do Questionário Internacional de Atividade Física (IPAC) e da Teoria do Comportamento Planejado (TPB), além da coleta de informações sociodemográficas e clínicas. (AU)